Com 3º empate seguido, Grêmio estaciona no Brasileirão antes de "maratona"

Tricolor Gaúcho terá sequência intensa em decisões na Copa do Brasil e Libertadores

Publicado em .

Tricolor Gaúcho terá sequência intensa em decisões na Copa do Brasil e Libertadores

Porto Alegre, RS, 06 - Com o seu terceiro empate seguido no Brasileirão, ao ficar no 3 a 3 com a Chapecoense na noite desta segunda-feira, o Grêmio estacionou na competição e ficou ainda mais distante dos líderes.

Curiosamente, a sequência ruim acontece justamente antes de o time gaúcho iniciar forte maratona no mês, quando definirá o seu futuro na Copa Libertadores e terá pela frente dois dos três primeiros colocados do Brasileiro.

O empate diante de sua torcida deixou o Grêmio com 17 pontos, na 13ª colocação, distante dos 32 do líder Santos. Antes do tropeço contra a Chapecoense, empatou sem gols com o CSA fora de casa e ficou no 1 a 1 no clássico com o Internacional, no Beira-Rio.

RENATO DESPREOCUPADO
Renato Gaúcho, contudo, demonstra não se preocupar com a distância para os líderes.

"Quem tem obrigação de disputar título são os clubes que estão em uma competição só. O Grêmio não tem obrigação nenhuma de ganhar o Campeonato Brasileiro", diz o treinador.

Com 3º empate consecutiva, Grêmio empaca no Brasileirão antes de 'maratona' - Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Com 3º empate consecutiva, Grêmio empaca no Brasileirão antes de 'maratona'

"Temos de olhar os dois lados da moeda. Os clubes que disputam somente o Brasileiro têm a obrigação de ganhar, esses têm de ser cobrados.

Estamos disputando três competições, é óbvio que o Grêmio vai tropeçar uma hora. A gente vai levando até onde der, mas não sei até onde o Grêmio vai no Brasileiro", completa.

SEQUÊNCIA DURA

Se estivesse na briga pelas primeiras posições, o Grêmio teria chance preciosa nas próximas rodadas de "descontar" a desvantagem. Isso porque enfrenta o Flamengo, terceiro colocado, no sábado, no Maracanã. E o vice-líder Palmeiras, no sábado seguinte, na capital gaúcha.

O time paulista fará mais dois jogos contra o Grêmio ainda neste mês, pela ida e volta das quartas de final da Copa Libertadores, nos dias 20 e 27.

A "maratona" gremista ainda terá o jogo de ida contra o Athletico-PR, pela semifinal da Copa do Brasil. Ainda em agosto, o Grêmio enfrentará o mesmo time paranaense e o São Paulo, atual quinto colocado, pelo Brasileirão.

"A fome é a mesma, é um título. Ninguém está deixando o Campeonato Brasileiro de lado, eu adoro o Campeonato Brasileiro.

Tanto que eu pedi para o presidente mudar o jogo para segunda para usar o time titular e pontuar. Mas não tem como fazer mágica", diz Renato Gaúcho, sem deixar de demonstrar a preocupação com a futura sequência de jogos da equipe.