Sem vencer há cinco jogos no Brasileiro, Bahia mira reaproximação do G4

Esquadrão de Aço acumula três empates e duas derrotas desde a vitória em cima do Grêmio, por 1 a 0, em junho

Publicado em .

Esquadrão de Aço acumula três empates e duas derrotas desde a vitória em cima do Grêmio, por 1 a 0, em junho

Salvador, BA, 02 (AFI) - Sem vencer há cinco jogos no Campeonato Brasileiro, o Bahia vive momento de baixa na temporada.

Se antes o Esquadrão de Aço ocupava o sexto lugar e a dois pontos da vice-liderança, agora sofreu queda brusca de rendimento e resultados, ocupando a 12ª colocação, com sete de vantagem em relação à zona de rebaixamento.

Com nova semana livre de atividades, o técnico Roger Machado entende tal oscilação como 'natural', mas cobra reação imediata - o próximo compromisso é no domingo, na Arena Fonte Nova, diante do poderoso Flamengo, às 16h.

"O treinador se cobra, mesmo no período de vitórias. Os triunfos não podem esconder os nossos defeitos. Na minha visão, sempre há algo a evoluir, parabenizar e a salientar. Neste momento, é necessário encontrar o equilíbrio. Precisamos transmitir confiança aos atletas na oscilação, algo natural em um torneio tão nivelado e competitivo", comentou o comandante.

Por reabilitação no Brasileiro, Bahia recebe o Flamengo, na Arena Fonte Nova - Felipe Oliveira / EC Bahia
Por reabilitação no Brasileiro, Bahia recebe o Flamengo, na Arena Fonte Nova

CASA CHEIA

Não faltará apoio para o Bahia retomar o caminho das vitórias. Afinal, mais de 36 mil torcedores garantiram ingresso para o duelo frente o Rubro-Negro - o número já inclui os sócios do clube com a modalidade 'acesso garantido'.

Além da internet, os ingressos estão disponíveis em pontos físicos espalhados por Salvador. O ticket mais acessível custa R$ 30 (meia) e R$ 60 (inteira). O mais caro é vendido a R$ 160.

"Sempre há dificuldade em enfrentar o Flamengo, em qualquer circunstância e mando. Vivemos um momento de resgate. A nossa torcida vai comparecer em massa e o que ela deseja ver é nosso time retomando o caminho positivo como até pouco tempo acontecia", projetou Roger Machado.

PANORAMA

Com 16 pontos em 12º lugar, o Bahia mira reaproximação do G4. O quarto colocado, antes do início da 13ª rodada, é o Atlético-MG - terá o Cruzeiro pela frente -, com 21.