Série C: No Juventude, 'filho do Branco' diz não se importar com a alcunha

Stephanno Leal quer construir a próprio história, mas entende que não tem como se desvincular do pai tetracampeão

Publicado em .

Stephanno Leal quer construir a próprio história, mas entende que não tem como se desvincular do pai tetracampeão

Caxias do Sul, RS, 11 (AFI) - No Juventude desde o meio de maio, o meia Stephanno Leal enfim foi apresentado oficialmente como reforço do Juventude. Filho do ex-lateral Branco, e geralmente chamado por essa alcunha, o jogador de 24 anos quer construir a própria história, mas entende que é difícil se desvincular do nome do pai, tetracampeão com a seleção brasileira em 1994.

“Acabo nem ligando muito. Meu pai teve a história dele, estou na busca da minha. Essa relação é só de pai e filho mesmo. O Branco eu deixo para as pessoas. O que vale para mim é o Cláudio. Ele sempre ajuda, dá dicas. Mas esse peso de ser filho dele eu não carrego muito”, afirmou Stephanno se referindo a verdadeiro nome de Branco, Cláudio Vaz Leal.

Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude
Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude
PREPARADO
O meia estava trabalhando em separado, com foco no aprimoramento da parte física, e se juntou ao elenco na semana pssada.. Ele tem passagens por Barra da Tijuca, Foz do Iguaçu e Boavista

“Estou mais preparado. Me dediquei bastante neste mês para poder ficar à disposição do treinador. O Juventude é um clube muito grande, com uma tradição enorme no futebol brasileiro. Minha mudança para cá vai acrescentar como pessoa e como profissional. Já pude participar de um coletivo ontem (segunda-feira) e ele (Marquinhos Santos) me usou como meia. Observei muito como é a forma tática do time e no que ele precisar estarei à disposição”, disse.

CENÁRIO
O Juventude perdeu a invencibilidade na Série C na rodada passada, ao ser derrotado por 1 a 0 para o Tombense. Com isso, caiu para a segunda colocação, com 12 pontos, e tentará se reabilitar na próxima sexta-feira, em duelo direto contra o Volta Redonda.