Entrosada, Seleçao FI da Série C tem zaga remista e meio de campo botafoguense

Técnico Paulinho Kobayashi foi o escolhido para comandar o tie dos melhores da rodada

Publicado em .

Técnico Paulinho Kobayashi foi o escolhido para comandar o tie dos melhores da rodada

Campinas, SP, 10 (AFI) - A sétima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro terminou nesta segunda-feira, após jogos bastante movimentados e muita bola na rede. Como de costume, o Portal Futebol Interior não perdeu nenhum lance e escalou mais uma edição da Seleção da Rodada.

CONFIRA A SELEÇÃO DA SÉTIMA RODADA:

Edson (Luverdense);

Jonas (Imperatriz), Marcão (Remo), Fredson (Remo) e Dudu Mandai (São José-RS);

Rodrigo (Tombense), Juninho (Botafogo-PB) e Marcos Vinícius (Botafogo-PB);

Caxito (Ferroviário), Pipico (Santa Cruz) e Matheus Lima (Imperatriz)

Técnico: Paulinho Kobayashi (Imperatriz)

______________________________________________________________________________________

Goleiro: Edson (Luverdense)
Teve uma atuação muito seguro, com consciência nas saídas de bola e bom posicionamento. Fez duas defesas importantes para evitar que o Ypiranga tirasse o zero do placa.

Lateral-direito: Jonas (Imperatriz)
Com boas intervenções na defesa, ainda se apresentou bem no ataque e colaborou para construir o 4 a 1 sobre o ABC. Deu a assistenência para o gol marcado por Renan Dutra.

Zagueiro: Marcão (Remo)
Pilar da segunda melhor defesa da Série C, mostrou muita consistência e parou o poderoso ataque do Volta Redonda, além de ter marcado um dos gols da vitória por 2 a 1.

Fredson e Marcão foram os destaques do Remo. (Foto: Samara Miranda / Clube do Remo)
Fredson e Marcão foram os destaques do Remo. (Foto: Samara Miranda / Clube do Remo)
Zagueiro: Fredson (Remo)
Marcão roubou os holofotes pelo gol marcado, mas não tirou o brilho da grande atuação de seu companheiro, dono de uma grande atuação. Fredson foi impecável, ganhando por cima, por baixo e no um a um, com muita precisão hora de interceptar.

Lateral-esquerdo: Dudu Mandai (São José-RS)
Com qualidade no passe, ajudou bastante nos momentos em que subiu ao ataque, mas decidiu mesmo foi na bola parada. Em uma cobrança de escanteio, deu a assistência para Luiz Eduardo marcar o primeiro gol.

Volante: Rodrigo (Tombense)
Em um jogo duro contra o Juventude, marcou com muita vontade no meio de campo e foi rápido na transição. Além disso, marcou o gol que derrubou a invencibilidade do adversário.

Meia: Juninho (Botafogo-PB)
Foi eficiente na marcação e extremamente produtivo no ataque, com qualidade no passa e boa visão de jogo. Participou de muitas jogadas de perigo e deu assistência para o primeiro dos dois gols marcados por Clayton.

Meia: Marcos Vinícius (Botafogo-PB)
Mostrou bastante inteligência em campo e fez o time jogar, com técnica e boa tomada de decisões. Sem dúvida, um dos principais nomes da vitória tranquilo sobre o Globo.

Juninho fez grande partida pelo Botafogo. (Foto: Nadya Araújo / Botafogo da Paraíba)
Juninho fez grande partida pelo Botafogo. (Foto: Nadya Araújo / Botafogo da Paraíba)
Atacante: Caxito (Ferroviário)
Cariús, o artilheiro do Brasil, não viveu um de seus dias iluminados, mas a torcida do Ferrão não sentiu falta dos gols do centroavante. Caxito assumiu a responsabilidade e marcou dois na virada que terminou em vitória por 3 a 2 sobre o Trexe.

Atacante: Pipico (Santa Cruz)
É um dos nomes mais constantes do elenco. Voluntarioso, procurou o jogo e mais uma vez mostrou que é decisivo, tanto que marcou o segundo e o terceiro na vitória por 3 a 1 sobre o Confiança.

Atacante: Matheus Lima (Imperatriz)
Foi um dos grandes destaques da primeira vitória do Cavalo de Aço, com dois gols marcados na vitória por 4 a 2 em confronto direto com o ABC, em pleno Frasqueirão, em Natal.

Técnico: Paulinho Kobayashi (Imperatriz)
Depois de uma derrota em casa para o Santa Cruz, comandou o Imperatriz pela segunda vez e conseguiu fazer com que o time encerrasse o jejum de vitórias, batendo o ABC por 4 a 2. Ainda há muito o que se ajustar, mas as esperanças foram renovadas.