ATUAÇÕES: Cristiane rouba a cena, mas setor criativo também merece destaque

A defesa não levou gols, mas mostrou fragilidade em alguns momentos e, contra um rival mais forte, seria punido de forma mais severa

Publicado em .

A defesa não levou gols, mas mostrou fragilidade em alguns momentos e, contra um rival mais forte, seria punido de forma mais severa

Campinas, SP, 09 (AFI) - O Brasil venceu e convenceu na estreia da Copa do Mundo Feminina, realizada na França. Na manhã deste domingo, superou a Jamaica por 3 a 0, fora as quatro ou cinco chances claras de gols, no mínimo.

Cristiane, claro, se destacou com três gols, mas isso só foi possível por causa do poder criativo da equipe. O setor defensivo não levou gols, mas mostrou certa fragilidade em alguns momentos e, contra um adversário mais forte, seria punido de maneira mais severa.

As defensoras subiram muito nos lances de bola parada e permitiram contra-ataques perigosos, não conseguindo se recompor com velocidade. Apesar disso, a marcação individual foi excelente. A goleira Bárbara teve nota menor, pois embora tenha sido segura nas finalizações de longe, se complicou quando saiu do gol em pelo menos três chances.

Cristiane merece a maior nota, pois fez três gols em diferentes situações: cabeceio consciente, bom posicionamento, acompanhando a jogada até o fim e bola parada. Apesar de perder um pênalti, Andressa Santos foi o cérebro do time, colocando Debinha na cara do gol duas vezes. Esta última, apesar das chances perdidas, também teve grande atuação e deu muita velocidade no meio-campo da seleção brasileira.

Cristiane rouba a cena, mas setor criativo também merece destaque
Cristiane rouba a cena, mas setor criativo também merece destaque
CONFIRA AS NOTAS DO FUTEBOL INTERIOR:

Bárbara. Nota: 5

Letícia Santos. Nota: 6

Kathellen. Nota: 6
Entrou: Daiane. Nota:

Mônica. Nota: 7

Tamires. Nota: 7

Thaísa. Nota: 6

Formiga. Nota: 7

Andressa Alves. Nota: 8,5

Debinha. Nota: 8

Bia Zaneratto. Nota: 6
Entrou: Geyse. Nota: 6,5

Cristiane. Nota: 9
Entrou: Ludmila. Nota: 6,5