Avaí x Ceará - Leão quer fugir dio Z4 e Vozão sonha com o topo

As equipes se enfrentam nessa segunda-feira, às 20 horas, pela sexta rodada do Brasileirão

Publicado em .

As equipes se enfrentam nessa segunda-feira, às 20 horas, pela sexta rodada do Brasileirão

Florianópolis, SC, 26 (AFI) – Fechando a sexta rodada do Campeonato Brasileiro, Avaí e Ceará se enfrentam nessa segunda-feira, às 20 horas, na Ressacada, em Florianópolis. Os dois times tentam embalar na competição para mostrarem que podem sonhar com algo mais do que a briga contra as últimas posições.

O Avaí, com apenas três pontos, já vive situação delicada e está na 18ª posição, acima apenas do CSA, que tem a mesma pontuação, mas um saldo inferior (-2 a -6) e do Vasco, lanterna com dois pontos.

Mais acima, o Ceará é o 12º com seis pontos e pode até se aproximar da briga pelas primeiras posições se conquistar mais uma vitória.

BETÃO NÃO JOGA
O principal desfalque do Avaí para essa partida é o zagueiro Betão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O técnico Geninho não definiu quem entra em seu lugar já que Marquinhos, o substituto mais provável, está com uma virose. Caso não se recupere, Kunde será o escolhido.

Por outro lado, o ataque vai reforçado com a estreia do recém-contratado Brenner atuando ao lado de Caio Paulista.

"(O Ceará) É um time muito bem montado, forte com duas linhas de quatro. Tem jogadores experientes e rodados, que não tem a característica de tremer no jogo. Mas temos nossas necessidades. É um time do nosso campeonato, como chamamos, e temos que fazer o resultado. Na nossa caminhada, o único resultado fora da linha foi o empate contra o CSA. Se tivéssemos vencido, estaríamos fora da zona de rebaixamento", afirmou Geninho.

MESMO TIME
No Ceará, Enderson Moreira vai repetir a escalação, com exceção a Richard, que derrotou o Grêmio, por 2 a 1, no último final de semana, no Castelão. Thiago Galhardo segue entre os titulares, assim como o meia Ricardinho, e os atacantes Leandro Carvalho e Bérgson.

“Todo mundo sabe o que tem que fazer. O professor é muito claro e muito reto no que ele quer. Eu vejo que nós temos uma margem muito grande para evoluir naquilo que o professor pensa, mas quem entrar, vai dar conta do recado", analisou Ricardinho.