Salgueiro-PE 4 x 3 Sergipe-SE - Em jogo 'estilo Série A', Carcará vence o Gipão

Willian Anicete foi o destaque da partida, tendo assinalado um hat-trick

Publicado em .

Willian Anicete foi o destaque da partida, tendo assinalado um hat-trick

Salgueiro, PE, 18 (AFI) - Um jogo de Série A na Série D. Em poucas palavras, este é o resumo do encontro entre Salgueiro-PE e Sergipe-SE. Disputado no Estádio Cornélio de Barros, a partida terminou com vitória pernambucana. 4 a 3, com direito a hat-trick de Willian Anicete. Do outro lado, Kiko Alagoano se destacou pelo Sergipe, com dois gols.

MOVIMENTADO

O duelo no Cornélio de Barros começou equilibrado e assim seria até o fim. O embate era aberto, sem controle de nenhum time e com pouquíssimas faltas. Na primeira grande chance, melhor para os mandantes. Aos 20 minutos, Willian Anicete aproveitou erro na saída de bola sergipana e abriu o placar.

A reação sergipana não demorou. Aos 36, Guilherme Lucena marcou Etinho e deixou Kiko Alagoano livre. O camisa 10 do Gipão entrou na área e tocou na saída de César Tanaka para empatar. Quando tudo encaminhava um empate em 1 a 1 no intervalo, o Carcará desempatou. Aos 45 minutos, Willian Anicete deu a vitória na primeira etapa aos salgueirenses.

Salgueiro-PE vence o Sergipe-SE no Cornélio de Barros pela Série D (Foto: Darlando Barros) - Darlando Barros
Salgueiro-PE vence o Sergipe-SE no Cornélio de Barros pela Série D (Foto: Darlando Barros)

GOL RELÂMPAGO E DRAMA

O Tricolor Sertanejo começou o segundo tempo a todo vapor. Bastaram apenas 14 segundos e três toques na bola para o placar ser ampliado. Após a saída de bola ser apitada, Willian Anicete recebeu na cara do gol e não perdoou. O terceiro gol parecia ter dado uma tranquilidade para o encontro, mas não foi assim.

Aos 9 minutos, ainda no primeiro terço dos últimos 45 minutos, Cléber diminuiu. O lance do segundo gol Colorado foi praticamente um replay do primeiro. Aberto, o jogo ia ganhando ares de dramaticidade conforme o tempo ia passando. Com chances para os dois lados, tanto o 4x2 como o 3x3 poderiam vir. E quem veio foi o 4x2.

TRANQUILIDADE? NEM PENSAR...

Aos 28 minutos, o Salgueiro ampliou o marcador. Após boa jogada e linda troca de passes dentro da área, Willian Anicete ampliou o placar. O tento assinalado foi o terceiro do atacante no duelo, configurando um hat-trick. A aparente tranquilidade, porém, novamente durou pouco. Treze minutos, sendo bem exato.

A torcida presente no Salgueirão ficou feliz com o jogo e com a vitória dos mandantes (Foto: Érika Nascimento/Reprodução CarcaráNet no Twitter) - Érika Nascimento/Reprodução CarcaráNet
A torcida presente no Salgueirão ficou feliz com o jogo e com a vitória dos mandantes (Foto: Érika Nascimento/Reprodução CarcaráNet no Twitter)

Aos 41, o Sergipe tinha falta perigosa para cobrar. Na bola, Kiko Alagoano mandou por cima da barreira e diminuiu o escore para 4 a 3. O fato não mudou o panorama da partida. Aberto, tanto o Carcará poderia fazer o quinto como os Sergipanos podiam empatar.

A partir dali, foram oito minutos de um drama de bom nível técnico para ambos os lados. Sem deslealdade, cera ou faltas, as equipes quase chegaram a mexer novamente nos números. Contudo, não o fizeram. Aos 49 minutos, o árbitro Léo Simão Holanda decretou o fim do espetáculo. E que espetáculo.

PRÓXIMOS JOGOS

Salgueiro e Sergipe voltam a se enfrentar no próximo domingo (26). Às 16h, as equipes voltam a campo no Batistão, em Aracaju. O duelo é válido pela primeira rodada do returno e pode classificar o Carcará.

Para isso, ele precisa vencer o Gipão. Além disso, torce por um empate uma vitória do Coruripe diante do Fluminense-BA ou dois empates. Por fim, torce por uma combinação para já se garantir como, pelo menos, um dos 15 melhores segundos.