Copa do Brasil: Falta de gols no Fluminense preocupa técnico Fernando Diniz

O incômodo pode virar preocupação porque o time carioca não vem marcando muitos gols, à exceção da inesperada vitória sobre o Grêmio

Publicado em .

O incômodo pode virar preocupação porque o time carioca não vem marcando muitos gols, à exceção da inesperada vitória sobre o Grêmio

Rio de Janeiro, RJ, 16 - A dificuldade para o Fluminense balançar as redes nesta quarta-feira, contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, incomodou o técnico Fernando Diniz. Foram mais de 20 finalizações e apenas um gol, marcado nos instantes finais do empate por 1 a 1 com o time mineiro, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

"Precisamos colocar a bola para dentro do gol. Tem que considerar que jogou contra um grande adversário, que se defende muito bem e o Fluminense tem que ser muito elogiado pela partida que fez, independente do resultado, poderia ter terminado 1 a 0 para o Cruzeiro e isso não tiraria o mérito da partida que o Fluminense fez", comentou Diniz.

Falta de gols no Fluminense preocupa técnico Fernando Diniz
Falta de gols no Fluminense preocupa técnico Fernando Diniz

O incômodo pode virar preocupação porque o time carioca não vem marcando muitos gols, à exceção da inesperada vitória sobre o Grêmio por 5 a 4, no dia 5, em Porto Alegre, pelo Brasileirão. Nas outras partidas mais recentes, passou em branco nas derrotas para Botafogo e Goiás, pelo Brasileirão, e no revés contra o Santa Cruz, pela Copa do Brasil.

A bola entrou na derrota para o Santos e na vitória sobre o Santa Cruz, no jogo anterior da Copa do Brasil, nas últimas semanas. "O volume que a gente cria é alto e uma hora, a bola vai começar a entrar. A gente tem que insistir, não dá para achar que isso é errado ou ficar jogando por uma bola."

NÃO VAI MUDAR
Diniz já garantiu que não vai mudar seu estilo de jogo na tentativa de aumentar o número de gols da equipe. "A maneira que a equipe está jogando, seguindo aquilo que penso do futebol e da vida também, a gente está fazendo o máximo e o melhor possível para que a gente possa virar os jogos. Acho que o modelo está correto, os jogadores se entregaram muito."

A partida de volta contra o Cruzeiro, pelas oitavas da Copa do Brasil, será em 5 de junho, no Mineirão. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis. Antes, porém, o Fluminense terá mais um desafio pelo Brasileirão e justamente contra o Cruzeiro. Com apenas três pontos, na modesta 15ª colocação, o clube carioca vai reencontrar o time mineiro no Maracanã neste sábado, às 18 horas, pela quinta rodada.