Após vender mando contra Fla, presidente do CSA pede licença do cargo

Rafael Tenório vai passar o bastão para o vice-presidente Omar Coelho

Publicado em .

Rafael Tenório vai passar o bastão para o vice-presidente Omar Coelho

Maceió, AL, 15 (AFI) - O presidente Rafael Tenório vai pedir a licença do cargo. O mandatário vem sendo pressionado, principalmente, após vender o mando de campo diante do Flamengo, no dia 12 de junho, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Quem assume o comando do clube é o vice-presidente, Omar Coelho.

Rafael Tenório vai se afastar por 90 dias da presidência
Rafael Tenório vai se afastar por 90 dias da presidência
"Vou me afastar do futebol e começar a cuidar das minhas empresas. Preciso pensar sobre meu futuro no CSA. Já assinei a carta e estou entregando ao presidente do Conselho Deliberativo, Raimundo Tavares. A repercussão do jogo contra o Flamengo foi o estopim", afirmou o mandatário.

Sem disputar o Brasileirão há 31 anos, o presidente não aguentou a pressão de ter vendido o mando de campo por aproximadamente R$ 1,5 milhão. A partida acontecerá no Mané Garrincha, em Brasília. O problema é que a espera era grande para ver um time, do tamanho do Flamengo, em Maceió.

O CSA ainda não venceu no torneio nacional. O time alagoano ocupa a 17ª colocação, com três pontos.