Hoje na Série B, ex-Palmeiras e Vasco é chamado de "gordo" pela torcida

Alecsandro fez questão de tirar a camisa após a derrota do São Bento para o Botafogo-SP, na última quinta-feira

Publicado em .

Alecsandro fez questão de tirar a camisa após a derrota do São Bento para o Botafogo-SP, na última quinta-feira

Sorocaba, SP, 10 (AFI) - Anunciado como principal contratação do São Bento para a temporada, Alecsandro só tem um gol em 15 jogos. Os números fizeram o atacante cair em descrédito com a torcida, que na partida da última quinta-feira, contra o Botafogo-SP, o chamou de "gordo".

Escolhido para substituir o lesionado Zé Roberto, Alecsandro começou como titular e esteve em campo os 90 minutos. Mas mais uma vez decepcionou. Irritada com a derrota para o Botafogo-SP, por 1 a 0, a torcida que compareceu ao Walter Ribeiro teve o atacante como principal alvo.

O atacante Alecsandro se irritou com as críticas dos torcedores (Foto: Emílio Marques)
O atacante Alecsandro se irritou com as críticas dos torcedores (Foto: Emílio Marques)
"Alguns estão me chamando de gordo. Fiz questão de tirar a camisa para todo mundo ver o 9,5% de gordura, de atleta. Vou permanecer aqui até o final. Não vou me esconder. O time precisa de mim e isso não é um desabafo", afirmou o atacante de 38 anos à Rádio Cruzeiro FM, de Sorocaba.

Alecsandro tem 38 anos e ainda não rendeu o esperado, tanto que perdeu espaço entre os titulares para Zé Roberto. Mesmo diante das críticas dos torcedores, o atacante garantiu que vai cumprir seu contrato até o fim do Campeonato Brasileiro da Série B.

No jogo do próximo dia 18, contra o Vitória, às 21 horas, no Barradão, pela quarta rodada, Alecsandro deve voltar para o banco de reservas. A expectativa de Doriva e da torcida do Bentão é que Zé Roberto seja liberado pelo departamento médico.