Em busca de aperfeioçamento, João Brigatti faz Curso da CBF em Águas de Lindóia

Para se realocar no mercado, treinador aposta no bom trabalho recente feito por Ponte Preta e Paysandu

Publicado em .

Para se realocar no mercado, treinador aposta no bom trabalho recente feito por Ponte Preta e Paysandu

Campinas, SP, 08 (AFI) - Começou no último sábado, 04, o primeiro dia do Curso Licença A da CBF Academy. O evento se estende até o próximo dia 21 de maio com a participação de vários treinadores de todo o Brasil.

Entre eles está o técnico João Brigatti. O ex-goleiro, até bem recentemente, realizava grande trabalho no Paysandu-PA, mas deixou o clube de forma invicta.

Brigatti aguarda propostas para voltar ao mercado, após passagens por Ponte Preta e Paysandu
Brigatti aguarda propostas para voltar ao mercado, após passagens por Ponte Preta e Paysandu

O Curso Licença A da CBF Academy, geralmente na Granja Comary, tem sido realizado em Águas de Lindóia, no CT Oscar Inn, haja vista a Seleção Brasileira usar as dependências cariocas para os treinamentos de olho na Copa América.

"Importante a participação desse curso para que possamos estar aptos a estar trabalhando de forma legal. Fora o aprendizado e convivência com vários treinadores do futebol nacional e a realização do curso aqui no Oscar Inn. Isso também nos oferece toda estrutura para os trabalhos", analisou o treinador.

Brigatti ficará em Águas de Lindóia até o dia 21, pois o Curso Licença A exige 270 horas para concluir, sendo 190 horas de disciplina teórica e prática de conteúdo especifico, 50 horas de acompanhamento e observação do treinamento e 30 horas de Estudos Especiais e Tutoria - o curso é dividido em módulo amarelo e verde.

PROPOSTAS?

Após o término do Curso da CBF Academy, João Brigatti volta suas atenções para o mercado brasileiro, o qual tem mudado constantemente de treinadores nas três divisões nacionais.

Brigatti teve a companhia de Vagner Mancini, hoje no São Paulo, no evento da CBF
Brigatti teve a companhia de Vagner Mancini, hoje no São Paulo, no evento da CBF

Depois de ótimo inicio de temporada no Paysandu no Campeonato Paraense, quando deixou o Papão com aproveitamento de 75%, com oito jogos invictos - cinco vitórias e três empates -, o campineiro aguarda propostas para retornar às atividades.