Série C: Edno deixa Remo após três jogos e diz que clube não quis assinar contrato

O atleta afirma que estava até dormindo no estádio Baenão para não dar despesas ao clube e que ainda esperava por um contrato

Publicado em .

O atleta afirma que estava até dormindo no estádio Baenão para não dar despesas ao clube e que ainda esperava por um contrato

Belém, PA, 18 (AFI) – Contratado como principal nome do Remo para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro, o atacante Edno disputou apenas três jogos e já foi desligado do clube, o que pegou os torcedores de surpresa.

Em publicação nas redes sociais, o clube esclareceu que Edno não faz mais parte do elenco e acertou sua saída em comum acordo com a diretoria. No entanto, o jogador tem outra versão dos fatos.

“O Clube do Remo anuncia de forma oficial o desligamento do atleta Edno. O jogador acertou sua saída do clube de forma amigável e em comum acordo com a diretoria. O Remo agradece aos serviços prestados e deseja sorte ao profissional em sua carreira”, diz a publicação do clube.

VERSÃO DO JOGADOR
O jogador, no entanto, não deixou barato e usou os mesmos meios para comunicar a sua visão sobre o ocorrido. Edno afirma que ainda esperava por um contrato com o Remo e que estava dormindo no próprio estádio Baenão para não trazer gastos ao clube.

Confira o texto publicado por Edno em seu perfil no Instagram:

Nota de esclarecimento a torcida do Remo e meus seguidores!

Nessa madrugada vim a São Paulo resolver questões pessoais! E antes da minha vinda, declarei a minha insatisfação por não ter assinado o contrato até agora. Apenas o federativo para poder entrar em campo!

Estou a quase 20 dias dormindo no Baenão para não dar gastos ao clube... aceitei tudo pela torcida e por meu amigo Bessa, que fez o possível para essa negociação acontecesse! Mas existem questões que fogem da alçada dele! Que tentou inúmeras vezes resolver a situação! Mas que infelizmente até agora sem sucesso!

Quero que entendam que sou um trabalhador como qualquer um, que tem família e despesas a cumprir e que meus filhos estão a 20 dias à espera para poder vir e estudar!

Não pedi demissão, mas exigi o que foi combinado! Mas continua aqui meu carinho pela torcida e instituição do Remo!! Deus abençoe a todos!