Alagoano: CSA anuncia pacotão com lateral dispensado pelo São Paulo

Régis ficou poucos meses no Tricolor, mas teve seu contrato rescindido após problemas com drogas

Publicado em .

Régis ficou poucos meses no Tricolor, mas teve seu contrato rescindido após problemas com drogas

Maceió, AL, 03 (AFI) - A diretoria do CSA trabalha firme para fazer bonito na próxima temporada, quando vai disputar a Copa do Nordeste, o Alagoano, a Copa do Brasil e a elite do Brasileirão, e nesta segunda-feira anunciou um pacotão de reforços. O nome mais conhecido da lista é o do lateral-direito Régis.

O jogador vem de uma passagem conturbada pelo São Paulo. Contratado em abril depois de fazer um bom Campeonato Paulista com o São Bento, Régis foi dispensado pela diretoria por conta de problemas com drogas. Antes, ele havia sido afastado. O lateral de 29 anos e vice-campeão da Copa Sul-Americana pela Ponte Preta em 2013 ainda tem passagens por Portuguesa, Guarani, Botafogo, Bahia, Goiás e Paysandu, entre outros.

O lateral Régis foi dispensado pelo São Paulo em outubro após problemas com drogas
O lateral Régis foi dispensado pelo São Paulo em outubro após problemas com drogas

A lista anunciada pela diretoria do CSA ainda tem: o zagueiro Luciano Castán (ex-Santos, Ponte Preta, São Bernardo, Paraná e Portuguesa), o volante Amaral (ex-Vasco, Flamengo, Vitória e Boa Esporte), o volante Mauro Silva (ex-Bangu e Bonsucesso) e o atacante Lohan (ex-Grêmio, Macaé, Resende e Friburguense).

Além dos reforços, o Azulão do Mutange acertou a permanência de jogadores que foram importantes na campanha do acesso à elite, como o goleiro Cajuru, o zagueiro Leandro Souza e o lateral-direito Rafinha.

A reapresentação dos jogadores deve acontecer no início de janeiro e a estreia do CSA no Campeonato Alagoano será no dia 20, contra o Dimensão Saúde, fora de casa. Quatro dias antes, porém, o Azulão enfrenta o Vitória, no Rei Pelé, pela primeira rodada da Copa do Nordeste.