Seleção FI da Série B vem no tradicional 4-4-2 com destaques da 11ª rodada

O técnico Milton Cruz será o responsável por comandar a equipe após aparecer com destaque no Figueirense

Publicado em .

O técnico Milton Cruz será o responsável por comandar a equipe após aparecer com destaque no Figueirense

Campinas, SP, 17 (AFI) - Em meio ao jogo do Brasil e a Copa do Mundo, o Portal FI soltou a Seleção da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Fortaleza voltou a vencer e lidera com folga, na frente de Avaí, Figueirense e CSA. Já os campineiros não tiveram sucesso. O Guarani empatou sem gols com o São Bento, enquanto a Ponte Preta perdeu por 2 a 0 para o CRB.

A equipe foi montada no tradicional 4-4-2, com apenas um volante de contenção. Tanto a defesa, quanto o meio de campo é de respeito. Já o ataque tem dois líderes de elenco: Mazinho, do Oeste, e Carlos Eduardo, do Goiás.

O técnico escolhido foi Milton Cruz, que vem realizando um belo trabalho no Figueirense, que, mesmo com um jogador a menos, derrotou o Sampaio Corrêa e se firmou dentro da zona de classificação.

Carlos Eduardo se garantiu na seleção FI - Rosiron Rodrigues/Goiás EC
Carlos Eduardo se garantiu na seleção FI
Confira a Seleção FI da 11ª rodada da Série B:

Goleiro: Marcos (Goiás)
Marcos foi decisivo na vitória do Goiás diante do Londrina por 3 a 1. O goleiro precisou trabalhar e fez defesas importantes, como o chute à queima-roupa de Paulo Henrique, um milagre. Em rodada com poucos destaques para os arqueiros, o camisa 1 esmeraldino representou.

Lateral-direito: Maguinho (Vila Nova)
Num clássico ‘amarrado’ contra o Atlético-GO, ele foi quem mais apareceu para o jogo. Tentou as jogadas de velocidade, buscou a linha de fundo e fez cruzamentos. Além disso, finalizou três vezes de maneira perigosa, uma delas acertando a trave.

Zagueiro: Fred (Juventude)
Seguro na hora da marcação, se destaca por ter qualidades técnicas pouco comuns aos zagueiros. A principal delas é o talento na cobrança de falta, caminho que encontrou para fazer o gol de empate contra o Juventude, em uma batida de muita categoria nos minutos finais da partida.

Cleberson jogou muito contra Sampaio Corrêa - Luiz Henrique/Figueirense FC
Cleberson jogou muito contra Sampaio Corrêa
Zagueiro: Cleberson (Figueirense)
A defesa do Figueirense fez uma partida espetacular na vitória por 1 a 0 diante do Sampaio Corrêa. Cleberson foi um gigante. Participou do primeiro gol, teve a oportunidade de deixar o seu e foi impecável quando precisou conter os avanços do adversário. Ganhou todas. Acabou sendo o destaque ao lado de Nogueira, autor do gol da vitória alvinegra.

Lateral-esquerdo: Leonan (Fortaleza)
Em rodada discretas para os laterais, quem mais se destacou foi Leonan, para o líder Fortaleza. O jogador vem bom papel pelo lado esquerdo de campo e anulou as jogadas do Brasil por esse setor. Capa, do Avaí, também foi bem.

Volante: Fábio Bahia (São Bento)
É o cara que ‘marca e marca’ no time sorocabano, único invicto ainda na competição. São oito empates, o último no zero a zero com o Guarani em Campinas, mas méritos para o sistema de marcação armado pelo técnico Paulo Roberto Santos. Dentro dele, destaque para Fábio Bahia, ‘uma máquina de marcar’.

Volante: Lucas (CRB)
Além de dar combate no meio de campo e comandar a saída de bola do CRB, o volante mostrou que tem faro de gol e abriu o placar na vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta, recebendo de Mazola e completando de cabeça para o fundo do gol.a

Meia: Dodô (Fortaleza)
Com o apelido em homenagem ao ex-jogador de São Paulo, Botafogo e Seleção Brasileira, que era conhecido como ‘artilheiro dos gols bonitos’, o Dodô do Fortaleza fez jus ao nome e marcou um golaço de fora da área, abrindo caminho para a vitória por 2 a 0 sobre o Brasil de Pelotas.

Meia: Renato (Avaí)
Fez a diferença na vitória sobre o Boa Esporte, por 2 a 0, em Varginha. Deu passe para o primeiro gol e marcou o segundo. Além disso, foi quem articulou o meio-campo e que deu movimentação ao setor. Fez a diferença ao time catarinense.

Mazinho foi um dos destaques da rodada - Jefferson Vieira/Oeste FC
Mazinho foi um dos destaques da rodada
Atacante: Mazinho (Oeste)
Mazinho é o maestro do Oeste. O jogador atua na armação das jogadas e ainda aparece como um terceiro atacante na equipe de Roberto Cavalo. Ele criou as melhores oportunidades do time paulista em um jogo movimentado diante do Criciúma, que acabou em 2 a 2. O Messi Black é diferenciado.

Atacante: Carlos Eduardo (Goiás)
O Goiás foi até Londrina e conquistou uma grande vitória para cima dos donos da casa por 3 a 1, com destaque para Carlos Eduardo. O atacante estava em noite inspirada e marcou dois dos três gols esmeraldinos na partida. Estava na hora certa e no lugar certo para afastar o clube goiano da zona de rebaixamento.

Técnico: Milton Cruz (Figueirense)
Milton Cruz vem fazendo um bom trabalho no comando do Figueirense. O treinador não perde há cinco rodadas no comando do clube, que agora aparece firme na zona de classificação depois da vitória, por 1 a 0, para cima do Sampaio Corrêa. Ele soube arrumar o time mesmo com um jogador a menos, em boa parte do embate, para assegurar mais três pontos.

Milton Cruz foi eleito o técnico da rodada - Luiz Henrique / Figueirense FC
Milton Cruz foi eleito o técnico da rodada