Recém-contratado pela Ponte, Ronaldão desperta interesse do São Paulo

O ex-zagueiro teria sido indicado por Raí, que foi anunciado em dezembro como diretor-executivo do Tricolor

Publicado em .

O ex-zagueiro teria sido indicado por Raí, que foi anunciado em dezembro como diretor-executivo do Tricolor

São Paulo, SP, 31 (AFI) - Há dez dias, a Ponte Preta surpreendeu a todos e anunciou o ex-zagueiro Ronaldão como novo diretor de futebol para a próxima temporada. Nessa última semana, porém, surgiu um interesse do São Paulo em contar com os trabalhos do tetracampeão mundial pela Seleção Brasileira.

Ronaldão teria sido indicado por Raí, que no início de dezembro foi contratado como novo diretor-executivo do São Paulo. Os dois atuaram juntos no Tricolor entre 87 e 93 e conquistaram inúmeros títulos, como duas Libertadores e dois Mundiais. Além disso, eles estiveram na conquista da Copa do Mundo de 94.

Ronaldão e Raí são amigos e conquistaram importantes títulos pelo São Paulo
Ronaldão e Raí são amigos e conquistaram importantes títulos pelo São Paulo

A amizade com Raí e o fato de que seria remunerado no São Paulo - na Ponte Preta isso não acontece - teriam balançado Ronaldão, mas até o momento ele segue como dirigente da Macaca e é aguardado em Campinas no início de janeiro. O ex-zagueiro, inclusive, vem conversando com o gerente de futebol Gustavo Bueno em busca de reforços.

Outra possibilidade para reforçar a diretoria tricolor seria Diego Lugano, que ainda não decidiu se vai encerrar a carreira de jogador. Nessa última semana, o São Paulo anunciou o ex-zagueiro Ricardo Rocha como coordenador de futebol.

SOBRE RONALDÃO

Ronaldo Rodrigues de Jesus tem 52 anos e foi revelado nas categorias de base do Rio Preto, mas se destacou mesmo com a camisa do São Paulo, clube que defendeu entre os anos de 1986 e 1993, conquistando inúmeros títulos - bi brasileiro, bi da Libertadores e bi do Mundial de Clubes, entre outros. O zagueiro disputou mais de 300 jogos pelo Tricolor.

Depois, passou por Shimizu S-Pulse-JAP, Flamengo, Santos e Coritiba até chegar na Ponte em 1998. Ficou quatro temporadas até pendurar as chuteiras. Ronaldão defendeu a Macaca em um dos melhores momentos da história do clube e teve uma identificação muito grande.

Pela Seleção Brasileira, Ronaldão disputou 14 partidas e marcou três gols. Ele fez parte do elenco tetracampeão mundial em 1994.