Chapecoense 1 x 0 Oeste - Rubrão perde e deixa G4 da Série C

Gol do confronto foi marcado cado pelo meia Eliomar, aos 33 do segundo tempo

Publicado em .

Chapecó, SC, 12 (AFI) – O Oeste não conseguiu desempenha o melhor futebol na tarde deste domingo e, jogando pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, perdeu para a Chapecoense, por 1 a 0, na Arena Condá, em Chapecó (SC). Revés deixa o rubrão de Itápolis fora do G4 do Grupo B. Clique aqui e confira os resultados no Placar Ao Vivo do FI.

Com a derrota, o Oeste ficou com os mesmos dez pontos, mas agora aparece na sexta colocação – um ponto atrás do quarto colocado Vila Nova, com 11. Já a Chapecoense, com os três pontos, volta ao G4 e aparece em terceiro, com 12 pontos – um atrás do primeiro colocado Caxias, com 13.

Lembrando que o Oeste foi comandado, neste domingo, pelo interino Lelé. Diretoria recebeu no meio da última semana o pedido de demissão do técnico Roberto Cavalo. Diretoria se movimenta nos bastidores e nesta semana deverá anunciar o seu substituto.

O jogo
A Chapecoense tomou a iniciativa na Arena Condá e teve o seu primeiro bom momento aos quatro minutos, quando Jô tocou para Athos, que dominou e chutou com perigo à meta do goleiro Jaílson. O Oeste tinha postura defensiva e até abusava das faltas no campo de defesa. Porém, tentava nos contra-ataques surpreender e abrir o placar.

Foi também no inicio do jogo que o goleiro da Chapecoense, Nivaldo, e o atacante do Oeste, Serginho, foram expulsos de campo. O jogador do time paulista fez falta dura no rival, que não gostou da atitude e o agrediu com socos ainda deitado na área. O arqueiro precisou sair de maca e foi encaminhado para um hospital.

Com a bola rolando, a Chapecoense continuou com uma ligeira vantagem e até se esforçava para marcar. Depois de muito tempo sem assustar o goleiro Jaílson, aos 46 minutos o Verdão perdeu grande chance. Após cruzamento na área, a bola sobrou para Lê, que não conseguiu concluir para o gol.

A conversa no intervalo serviu para o Oeste se reorganizar em campo. Logo aos oito minutos, William “cochilou” e perdeu bola para Wanderson; o jogador encontrou Dênis, que chutou em cima do goleiro Juliano. Mas a Chapecoense logo respondeu e com polêmica. Jogador do time paulista colocou mão na bola dentro da área, mas o juiz nada marcou.

Aos trancos e barrancos, a Chapecoense por muito pouco não abriu o placar com Eliomar, que cabeceou e Jaílson fez defesa. Porém, de tanto insistir, aos 33 minutos os catarinenses abriram o placar. O mesmo Eliomar carregou bola e chutou forte, sem chances para o arqueiro do rubrão. Os donos da casa seguraram o jogo e esperaram o apito final.

Próximos jogos!
O Oeste volta a campo na próxima sexta-feira, para encarar o Tupi, às 19h30 (horário de Brasília), no Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP). Já a Chapecoense, no domingo terá pela frente o Madureira, às 15h30, na Arena Condá, em Chapecó (SC).