Paulista A3: Decisão! Melhores campanhas disputam o título

Neste domingo, os times se enfrentam no Estádio Décio Vitta, em Americana

Publicado em .

Campinas, SP, 18 (AFI) - O Campeonato Paulista da Série A3 seguiu a lógica e terá na final as duas melhores campanhas da competição. Neste domingo, às 10h, o Rio Branco recebe o Grêmio Osasco, no Estádio Décio Vitta, em Americana, pela partida de volta da final. Apesar da pouca diferença, o Tigre tem a melhor campanha e garante o título com apenas um empate.

Com um elenco montado pelo técnico Cilinho, que pediu demissão na terceira rodada, o Rio Branco foi comandado pelo técnco Luisinho Quitanilha na maior parte da competição. Depois que assumiu a liderança da fase classificatória, o time sofreu pequenos tropeços, mas não largou o 'osso' liderando até a última rodada da fase.

Partida de ida, em Osasco. Fotos: Luís Pires

Sempre contando com as boas atuações do meia Rafael Chorão, artilheiro da equipe com nove gols, e do atacante Ceceu, que está sendo negociado com o Marília para a Série D do Brasileiro, o Rio Branco venceu 15 dos 26 jogos que disputou até agora na competição, com quatro derrotas e sete empates. O time marcou 42 vezes e sofreu 22 gols.

O jovem Grêmio Osasco
Com a segunda melhor campanha, vem o Grêmio Osasco comandado pelo técnico Toninho Moura. Com apenas cinco anos de vida, o time osasquense conquistou o terceiro acesso de sua história. E para alcançar o feito, o técnico Toninho Moura dirigido nas contratações por Vampeta (ex-Corinthians), montou um elenco competitivo e com nomes de destaque como o volante xerifão Mineiro.

Na fase classificatória, foram dez vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Em 19 jogos, o time balançou as redes adversários 30 vezes e sofreu 20 gols, com a terceira defesa menos vazada (Batatais com 16 e Rio Branco com 18). No quadrangular final, o time deu um susto na torcida garantindo o acesso apenas na última rodada.

Nos seis jogos da última fase, foram três vitórias, um empate e duas derrotas. Junto com o Juventus, que também garantiu o acesso, o Grêmio Osasco teve o melhor ataque da fase com 12 gols em seis jogos. Neste domingo, só a vitória interessa ao Grêmio Osasco, já que o Rio Branco depende apenas do empate. O título é inédito para ambos os times, que ainda não levataram o caneco de campeão paulista, em nenhuma divisão profissional.

Título é obrigação para os jogadores do Rio Branco

O sobe e desce do ano
Além de Rio Branco e Grêmio Osasco, Capivariano e Juventus carimbaram o passaporte para a Série A2 de 2013. O Juventus volta a competição depois do rebaixamento em 2009. O Capivariano conquista o segundo acesso seguido em dois anos.

Na contra mão, Internacional de Bebedouro, XV de Jaú, Osvaldo Cruz e Taboão da Serra não resistiram as dificuldades da competição e foram rebaixados para a Segundona. O Taboão da Serra passou praticamente toda a competição na zona de rebaixamento com apenas três vitórias em 19 jogos.

Domingo
10h

Rio Branco x Grêmio Osasco (Placar da ida: 0 X 0)