Outra amante de Bruno é investigada pela polícia

Fernanda, moça loira de aparelho, teria envolvimento na morte de Eliza Samudio

Publicado em .

Belo Horizonte, MG, 10 (AFI) - Nove suspeitos do caso Bruno já foram presos. O próprio goleiro, que teve contrato suspenso com o Flamengo, está na cadeia, assim como seu amigo Macarrão. Agora, a Delegacia de Homicídios de Contagem (em Minas Gerais) descobriu que mais uma amante do jogador pode estar envolvida no desaparecimento e subsequente morte de Eliza Samudio, e pretende investigá-la.

De acordo com a imprensa carioca, a moça, chamada Fernanda, é loira e deve ser detida em breve para prestar esclarecimentos à polícia, já que o depoimento prestado por um menor de idade na semana passada envolveu a moça no crime. O garoto de 17 anos teria dito à polícia que Fernanda estaria na casa para onde Eliza, ex-amante de Bruno, fora levada junto com filho de quatro meses que tinham com o jogador.

A polícia ainda não desempenhou o exato papel de Fernanda no crime, mas já está à procura da garota. Ainda de acordo com o depoimento do menino, Eliza teria sido desossada após sua morte. Seus restos mortais, dados à cães da raça Rottweiller como alimento, e os ossos, concretados. No início da semana, a polícia chegou ao local onde o corpo de Eliza estaria enterrado, mas não o encontrou.