Xii! Ídolo do Paysandu chama técnico do Palmeiras de racista

Publicado em .

Belém, PA, 18 (AFI) – O passado realmente é cruel. Devido a suas atitudes nos anos anteriores, o técnico do Palmeiras, Antônio Carlos, voltou a ser criticado e chamado de racista. Dessa vez quem soltou o verbo foi Robgol, ex-atacante e ídolo do Paysandu e atualmente Deputado Estadual.

Confira:
Ex de Cristiano Ronaldo está triste com contusão de Beckham

Segundo o ex-atacante, quando ele atuava pelo Paysandu e enfrentou o Juventude, que na época tinha Antônio Carlos no sistema defensivo, pelo Brasileiro de 2005, o atual técnico do Verdão o agrediu fisicamente e verbalmente.

“No início do jogo entre Paysandu e Juventude, ele me deu uma porrada no estômago. Eu reclamei com ele. Aí, ele me xingou e falou: “Para você ganhar todo dinheiro que eu ganhei até hoje, vai ter de jogar 50 anos naquela terra de índio.” Ele ofendeu a todos em Belém. Mas a índole não muda. Ele não teve conduta de homem. Ficou comprovado, depois, que é racista”, afirmou Robgol ao LANCENET!.

Para se defender, Antônio Carlos aproveitou para cutucar a atual função política do ex-atacante. “Antes de dar uma resposta eu tenho de falar para ele fazer a sua função como deputado. O que aconteceu enquanto éramos ambos jogadores ficou no passado. Cada um está aberto a falar o que quiser”, comentou.