Tiago Caetano: O que esperar do Dérbi 199?

O dérbi campineiro normalmente é tenso e dessa vez não será diferente

por TIAGO CAETANO - Campinas

Campinas, SP, 04 (AFI) - O dérbi campineiro normalmente é tenso e dessa vez não será diferente. A Ponte Preta em uma crise sem fim enquanto o Guarani vem em um momento muito bom na competição. O que esperar dessa vez do grande dérbi campineiro?

Ponte Preta - Fabio Moreno na corda bamba

O técnico da equipe pontepretana ainda não encontrou a melhor formação, com muitas indecisões em ideias de jogo. Está muito claro que o treinador da Macaca ainda não criou uma identidade.

O que pensa Fabio Moreno? Quer uma Ponte reativa, jogando atrás da linha da bola, ou com construção a partir dos zagueiros e volantes, para ter uma saída de bola apoiada, com uma marcação pressão no campo adversário?

O fato que a Macaca campineira precisa de novas ideias de jogo. E mais que qualquer estrutura tática e uma maneira de jogar definida, é preciso entender qual é a característica do seu elenco e como tirar o melhor de cada jogador.

Foto: Álvaro Júnior/Pontepress
Foto: Álvaro Júnior/Pontepress

O bom momento do Guarani

O Bugre vem conquistando bons resultados nos últimos jogos, mas quais são os méritos e os motivos dessa melhora? O treinador Allan Aal identificou o melhor e o pior do seu elenco e de cada jogador. Entendeu que por muitas vezes precisa se adequar com forme o adversário, gerar pressão a partir da saída de bola no campo do adversário e, em alguns momentos, buscar ser um time mais físico, talvez até jogar por uma bola.

Encontrou também um meio-campo que compete, mas também gera jogo, construindo desde o campo de defesa ou criando em uma marcação pressão. Foram alternativas que o treinador encontrou em um elenco limitado, mas que oferece essas alternativas para o comandante bugrino.

O jogo

De início, acredito em duas equipes buscando tirar os espaços, em uma marcação reduzida e aceleração na saída. Os corredores terão papel fundamental, já que Moisés, pelo lado da Ponte, e Bruno Sávio, do Guarani, são meias de quebrar marcações.

Camilo e Andrigo, caras para buscar espaços em momento de mais desconforto. Sim, será um jogo de detalhes e de muita intensidade e quem suportar mais esses desafios tem grande chances de sair vencedor no Dérbi 199.

TIAGO CAETANO
Veja perfil completo
Veja todos