Detalhes do Futebol: O Árbitro de Vídeo é Cego ?

Fifa lançou árbitro de vídeo, mas peca num detalhe: vídeo tem que valer para o campo inteiro e não só nas faltas dentro da área

por JAÉRCIO BARBOSA - - - Campinas

Na condição de comentarista não posso ir contra meus princípios e apoiar o que está errado. A Fifa lançou o árbitro de vídeo, mas peca num detalhe: o vídeo tem que valer para o campo inteiro e não somente nas faltas dentro da área.

Uma bola sai para a lateral e muitos bandeirinhas ficam na dúvida se saiu por inteiro ou não. Aí vem a pergunta:

"Não vai ocupar muito tempo?" .

Sim, mas pelo menos vai evitar a ira do torcedor que na maioria das vezes enxerga mais que a arbitragem.

Fifa considerou grande sucesso o VAR na Copa da Rússia, que estreia na Copa do Brasil nesta semana
Fifa considerou grande sucesso o VAR na Copa da Rússia, que estreia na Copa do Brasil nesta semana

Outros detalhes do nosso futebol:

Um time perde e o treinador perdedor diz:

“Eu assumo a responsabilidade pela derrota”.

Precisa-se saber se ele vai ressarcir também o clube do prejuízo que ocasiona uma derrota. Ou mesmo o torcedor que vai a campo com o intuito de ganhar. Mas, neste aspecto até que o treinador é inteligente: evita de colocar o jogador contra ele.

Nunca ouvi em uma coletiva, um treinador dizer que não marca gol e que não é responsável pela falha de um zagueiro ou de um goleiro e que a culpa pela derrota é dos jogadores. Se eu estiver errado, que atire a primeira pedra.

MAIS RIGOR

Voltando à arbitragem, considero que ela precisa atuar com mais rigor em algumas situações. Jogador manda a bola para fora do gramado e a primeira coisa é olhar para o juiz e dizer:

“O lateral é meu ! “

Jogador recebe uma falta e a primeira coisa que ele faz é apontar para o árbitro dizendo que tem que mostrar cartão. Ora, quem é a autoridade para mostrar cartão amarelo ou vermelho ?. O árbitro, se agir como tem que agir, mostra o cartão para quem pediu , pois ele próprio (jogador) está exigindo cartão do arbitro.

À IMPRENSA
Agora, somente um detalhe para narradores e repórteres: jogador bate uma falta e a bola raspa o travessão. Como dizem: “tirou tinta da trave” e o repórter detona:

“Bateu muito bem e a bola raspou o travessão “.

Ora, se tivesse batido bem, a bola teria entrado no gol.

Enfim, vamos esperar que o árbitro de vídeo chegue até nós. Mas não tão cego com foi na Copa do Mundo, onde o empurrão do suíço no Miranda foi tão claro que o árbitro ficou com vergonha de ver o vídeo.

* Em tempo:
A CBF começa a utilizar o Árbitro de Vídeo,
nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.

JAÉRCIO BARBOSA - -
Jornalista, radialista e considerado o maior 'expert' de Loterias no Brasil. Trabalhou em Campinas nos anos 70 e depois por três décadas esteve em Brasília. Na capital federal se tornou um líder da classe se tornando presidente da ABCD/DF (Associação dos Cronistas Esportivos de Brasília). Foi
Veja perfil completo
Veja todos