SÉRGIO CARVALHO: Brasil vence, mas Tite fica devendo

Seleção voltou a vencer após cinco jogos, mas não convenceu contra a Coreia do Sul

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

Depois da Copa América que o Brasil ganhou sem jogar um grande futebol, a Seleção Brasileira disputou mais seis jogos e só ganhou um. Foi o desta terça feira, lá nos Emirados Arabes, contra a Coreia do Sul.

O placar final foi de 3 a 0 para o time brasileiro, que mereceu a vitória, teve bons momentos na partida e acendeu uma luz de esperança no fim do tunel. Mas a verdade é que mesmo com placar clássico diante dos coreanos a Seleção não apagou a péssima impressão dada nos cinco amistosos anteriores. Exceto contra a Argentina, quando o Brasil perdeu por 1 a 0 mas para um adversário do mesmo nivel, a seleção de Tite foi uma vergonha. Não jogou nada, não mostrou competência tática ou técnica, foi dominado por adversários de baixo nivel e não mostrou poder de reação.

Culpado por tudo isso foi sem dúvida o técnico Tite, que insistiu em manter um esquema que já lhe deu títulos no passado mas que hoje está totalmente superado. Diante da Coreia, nesta terça feira, o time jogou um pouco melhor, mais solto e mais eficiente. Foram tres gols (Paquetá aos 8 e Coutinho aos 35 do primeiro tempo e Danilo aos 14 do segundo). Placar que mostrou a superioridade técnica do Brasil sobre a Coreia do Sul e que não deixou nenhuma dúvida quanto a melhor qualidade do time brasileiro.

Agora a Seleção só volta a se reunir em março do ano que vem, quando começarão as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Diante desta realidade, fica evidente que Tite não terá mais como testar jogadores ou definir quem é melhor em cada posição.Ele será obrigado a encarar os jogos eliminatórios sem ter ainda um time base para escalar.

Particularmente, cansei do Tite. É muito ligado ao passado e não consegue evoluir. Seus times jogam para não tomar gols e depois tentar faze-los durante a partida. Tite não tem ousadia. Não tem repertório variado. É sempre o mesmo do mesmo. Times dirigido por ele não se impõe, não usam sua capacidade técnica mesmo se for superior ao adversário. Isso ficou provado nos seis amistosos disputados depois da Copa América. Exceto neste jogo contra a Coreia, o Brasil nunca se soltou como deveria.

Tite parece ainda muito apegado aos seus jogadores e a sua linha única de trabalho. Exemplo disso é o miolo de zaga que sempre conta com Thiago Silva e Marquinhos. Um deles é escalado. Por que? Será que o futebol brasileiro não tem ninguém melhor que esses dois? No meio campo, Casemiro pode esta em boa ou má forma, que é titular da posição Por que?Acho que há. muita gente boa que joga mais do que ele aqui no Brasil.

No ataque, é sempre Richarlson, Firmino, Gabriel Jesus. Só que no Flamengo de hoje, há Bruno Henrique e Gabigol que marcaram mais de quarenta gols nesta temporada. Por que não testa-los, por que não aproveita-los. Tite parou no tempo, meus amigos. E como a tendência é que ele vá continuar assim, a ameaça do Brasil não se classificar para a Copa do Catar é uma ameaça séria..

Ou ele muda sua maneira de convocar e preparar a Seleção Brasileira (no que eu não creio) ou a CBF precisa afasta-lo logo e escolher um outro nome para ocupar o cargo. Não há outra saída!

CURTAS

*TIME do Brasil que entrou em campo na manhã desta terça feira para enfrentar a Coreia do Sul foi o seguiinte. Alisson;Danilo, Militão, Marquinhos e Renan Lodi; Fabinho, Arthur, Paquetá e Phillippe Coutinho. Gabriel Jesus e Bicharlison. Quando a Coréia atacou com seu melhor jogador o competente Son, Alisson fez ótimas defesas. Hoje, é o melhor goleiro do mundo. Na linha de zaga, Danilo foi melhor que em outras vezes. Fez até gol, um pelotaço que o goleiro coreano nem viu. Acho que merece continuar no time. Marca e apoia com desenvoltura.

*MILITÃO a cada jogo mostra evolução. Está muito seguro e cumpriu bem sua missão. Marquinhos teve atuação aceitável. Renan Lodi é um ótimo lateral esquerdo. Dá esperanças de que pode se firmar na posição.Ele marca duro e sai bem para o ataque. O melhor do time. Fabinho fez o feijão com arroz. Marca e apoia. Tem qualidade. Mais participativo do que Casemiro. Arthur não atravessa bom momento. Não é o mesmo jogador revelado pelo Grêmio. Paquetá foi mal no último amistoso, mas nessa ele foi bem. Fez um bonito gol de cabeça

*GABRIEL Jesus é centro avante nato. Mas Tite o quer como falso ponta direita. Acho até que ele poderia se deslocar para vários setores do campo, mas sempre que possível jogar no comando de ataque. Tite precisa entender que longe da grande área Jesus não faz gol.
Richarlison é um bom atacante. É audacioso. Chuta e cabeceia bem. Mas já foi bastante testado. Sou favorável a dar o espaço para outros atacantes brasileiros. Mas Tite não vai fazer isso. Uma pena. No aspecto tático o Brasil jogou de maneira mais ousada que nos últimos cincoo amistosos (esse foi o sexto). Acho que Tite ficou preocupado em empatar ou perder mais uma e resolveu soltar o time. Deu certo. Só que ele não é disso. Quer o time na defesa e jogar nos contra ataques. Esse esquema já era. O Flamengo prova isso em todos os seus jogos.

*A VITÓRIA sobre a Coreia do Sul salvou Tite. Se ele empata ou perde esse jogo, a pressão seria tanta que ele talvez não conseguisse se segurar no cargo. Com a vitória (a ultima impressão é que fica), Tite poderá respirar mais um pouco. Acho que começa a Elimninatórias e se não for bem nos tres primeiros jogos, será substituido. Se mesmo assim a CBF insistir com ele, a chance de classificar diminui bastante. Alias, o presidente da entidade Rogério Caboclo ainda bate na tecla de que Tite vai até o Mundial do Catar. Será que dá para confiar??

*AQUI ALGUNS nomes que eu não convocaria mais para a Seleção. Alex Sandro, Thiago Silva, Phillippe Coutinho e Firmino. Ficaria ainda de olho em Daniel Alves (que tem altos e baixos no São Paulo), Fagner, do Corinthians, Casemiro que me parece tem substitutos melhores no Brasil, Só como um exemplo. Jerson e William Airão, do Flamengo, poderiam ser testados nesta função na Seleção. Também testaria a dupla Bruno Henrique e Gabigol e Everton Ribeiro. E começaria a aproveitar a garotada das categorias inferiores. Tem muito talento por ali.

*NÃO haverá rodada do Brasileirão neste meio de semana. Próxima rodada será no final de semana. Na segunda feira que passou o Cruzeiro empatou sem gols com o Avai (péssimo resultado para o time mineiro) e o Vasco em 1 a 1 com o Goias. Mais um ponto para cada um.

*LEMBRO que no próximo final de semana, sábado, será disputado o jogo final da Copa Libertadores da América entre River Plate, da Argentina e Flamengo, do Brasil. Esse jogo será em Lima, capital do Peru. Quem vencer garante o título da Libertadores e vaga no Mundial Inter clubes deste final de ano. Devo falar mais sobre esse clássico sul americano em patéria à parte que mandarei para o FI nas próximas horas. Jogo muito equilibrado e sem um favorito destacado. O Mengão me parece em melhor fase, mas o River é especialista em Copas.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos