Entre os clubes paulistas, só o Tricolor deu vexame na 31.ª rodada do Brasileirão

Três vitórias importantes - Palmeiras, Santos e Corinthians - e uma derrota inesperada do São Paulo

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

Se fizermos uma análise da trigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol focados apenas nos quatro grandes clubes paulistas chegaremos a conclusão de que só o São Paulo não jogou o que se esperava dele.

O Palmeiras venceu o Vasco no Rio, o Corinthians derrotou o Fortaleza no Itaquerão e o Santos derrubou o Avaí em Florianópolis. Já o Tricolor de Fernando Diniz conseguiu perder para o Fluminense dentro do Morumbi, num resultado dos mais improváveis e catastróficos da rodada.

A vitória do Verdão lá no Rio foi sofrida, mas justa. Fora de casa, enfrentou a pressão da fanática torcida do Vasco e, ainda assim, fez 2 a 1 e trouxe os três pontos para casa.

FIM DA RETRANCA
O Corinthians jogou em casa, com público mediano e mostrou que sem o retranqueiro Fábio Carille tem sim condições de fazer gols e jogar ofensivamente. Resultado final foi de 3 a 2 para o Time da Fiel, que recuperou sua posição de sexto colocado do campeonato e voltou a ter esperanças de disputar a Libertadores de 2020.

Já o Peixe, mesmo no campo do adversário, fez o necessário para vencer por 2 a 1 e por tabela manteve a terceira colocação no campeonato.

FEIO NO FUTEBOL
O São Paulo por sua vez, como dissemos acima, foi o único paulista a destoar. Perdeu feio para o Fluminense. Feio não no placar, que foi só de 2 a 0, mas feio pelo futebol apresentado.

Foi um time desgovernado, que mesmo em casa não soube se impor e, depois dos gols marcados ainda no primeiro tempo pelo Fluminense, não teve forças para ao menos chegar ao empate nos 45 minutos finais.

Foi uma atuação desastrosa do Tricolor que mereceu as vaias dos pouco mais de 17 mil torcedores sãopaulinos que foram ao estádio mesmo com chuva forte antes do jogo começar.

Muriel voou alto no Morumbi pelo Fluminense
Muriel voou alto no Morumbi pelo Fluminense

COLA DO LÍDER
Esses resultados mantiveram o Palmeiras em segundo lugar, o Santos em terceiro e levaram o São Paulo para a quinta colocação, que agora é do Grêmio (que venceu o CSA nesta quinta feira, em seu estádio).

O Corinthians que bateu no Fortaleza, recuperou a sexta posição na classificação geral e, se o campeonato terminasse hoje, estaria na fase pré Libertadores do ano que vem. Nos outros jogos empates entre Bahia e Chapecoense e Athletico-PR e Cruzeiro empataram. Atlético MG, Ceará, Flamengo e Grêmio, venceram.

TRÊS CLÁSSICOS
No próximo final de semana uma rodada que promete muita emoção. Serão disputados três clássicos regionais. Para os paulistas o grande jogo será no Pacaembu entre Palmeiras e Corinthians.

Em Belo Horizonte Cruzeiro e Atlético MG jogam no Mineirão e em Fortaleza, Fortaleza e Ceará se enfrentam. Preparem-se porque vem chumbo grosso por aí!

C * U * R * T * A * S

* A EXIBIÇÃO do São Paulo nesta quinta feira à noite no Morumbi foi caótica. Time nada fez de bom nos dois tempos de jogo. O Fluminense, ao contrario, jogou com muita vontade, com inteligência e soube fazer dois gols que lhe deram a vitória diante da defesa menos vazada do campeonato que ainda é a do Tricolor paulistano.

Os gols foram marcados por Digão, de cabeça, aos 37 minutos e Marcos Paulo, em rápida infiltração pelo meio da defesa tricolor, aos 40. No segundo tempo o Flu administrou o resultado e o São Paulo tropeçou na bola.

DINIZ FOI MAL

Diniz levou nó tático de Marcão
Diniz levou nó tático de Marcão

* ESTA derrota do São Paulo dentro do Morumbi foi a primeira sob o comando do técnico Fernando Diniz. E ele teve participação direta nesta péssima exibição sãopaulina. Começa pela escalação inicial, com Liziero numa das meias.

O garoto não é o craque que dizem e nada fez durante o período que ficou em campo. Daniel Alves passeou pelo gramado mas pouco fez de diferente para justificar seu alto salário. Pablo não ganhou uma bola de cabeça ou deu um arremate com os pés. Pato, que entrou no segundo tempo, tropeçou na bola mais uma vez.

NOITE PRA ESQUECER

* EM RESUMO. Foi uma noite para o São Paulo esquecer. É um time que não se firma, não embala. E. pelo visto, pode até perder a vaga na Libertadores. Tudo porque seu técnico não quer usar as características de seus jogadores e prefere impor seu esquema tático a todos eles.

Isso ficou patente no segundo tempo quando o São Paulo precisava fazer gols e, por ordem do seu técnico, preferia tocar bola em sua própria defesa. Numa situação como essa, era obrigação tocar a bola rápido, sempre no sentido ataque e tentar fazer gols o quanto antes.

TROCA POSITIVA

* A MUDANÇA de treinador fez bem ao Corinthians. Mesmo sem jogar um futebol de primeira, time da fiel venceu o Fortaleza de Rogério Ceni na quarta feira que passou e voltou a fazer gols no Campeonato Brasileiro.

Retranca do Carille cansou
Retranca do Carille cansou
Parece que Fábio Carille é que escalava mal e impedia o alvinegro paulista de ganhar seus jogos. Desta vez, o time continuou a brigar pela posse de bola, marcou relativamente bem e foi muitas vezes ao ataque (o que não ocorria há muito tempo). No final o placar de 3 a 2 fez justiça ao time da casa, Mas o Fortaleza caiu de pé.

* OS GOLS do jogo foram marcados por Romarinho aos 33 e Boselli aos 36 minutos do primeiro tempo. No segundo período Junior Urso marcou aos 3, Kieza aos 7 e Boselli, de novo, aos 27. Melhores do Timão foram o goleiro Walter, com ótimas defesas, Gil no miolo de zaga, Avelar na lateral esquerda, Gabriel na cabeça de área e Pedrinho no meio de campo.

No time do Fortaleza destacaram-se Juninho, Romarinho, Osvaldo e Kieza. Apenas 22.208 torcedores pagaram ingresso para ver a partida. Foi uma boa estreia de Coelho, o técnico interino.

MISTÃO DO VERDÃO

* O PALMEIRAS colocou seu time misto em campo mas, ainda assim, venceu o Vasco da Gama por 2 a 1, em São Januário, Rio de Janeiro. O Vasco mostrou mais uma vez que tem um elenco fraco que mesmo dirigido por um técnico experiente como Vanderley Luxemburgo não consegue se impor quando encontra pela frente um time mais qualificado e melhor preparado.

Mano Menezes com mistão
Mano Menezes com mistão
Mano Menezes poupou seus principais jogadores mas, ainda assim, ganhou os três pontos. Mano deu descanso aos titulares de olho no clássico deste fim de semana contra o Timão.

* FERNANDO Prass voltou ao gol palmeirense e teve ótima atuação. No meio campo, Thiago Santos deu conta do recado e Luiz Adriano foi muito eficiente no ataque.

Destaque ainda para Dudu, que continua jogando todas sempre com o mesmo nível de atuaçao. É craque.

O Vasco que já sonhava até com Sul Americana, dificilmente vai alcançar esse objetivo. Seu time é mesmo muito fraco. Os gols desse jogo foram marcados por Lucas Lima aos 11, Mayke (contra) aos 18 do primeiro tempo. No segundo Luiz Adriano aos 33 fez o gol da vitória .

PEIXE SEGUE VENCENDO

* O SANTOS também segue na sua linha de vitórias (bateu no Avaí por 2 a 1) e está cada vez mais garantido na fase de grupos da Copa Libertadores. A continuar assim, o Peixe certamente estará na principal fase desta Copa e, se reformar um pouco seu elenco, poderá até sonhar alto na disputa desse importante torneio.

Outro detalhe que não pode deixar de ser analisado é que o Santos não pode perder Sampaoli. Ele é realmente um treinador de alto nível e se sair, tudo o que fez de bom será destruído. Renovar com ele, portanto, é obrigação.

Marinho marcou outro gol
Marinho marcou outro gol

* SASHA voltou a marcar pelo Santos. Fez o primeiro gol do jogo aos 8 minutos. Aos 24, Marinho fez o segundo e aos 35, João Paulo diminuiu para o Avaí.Neste jogo disputado em Florianópolis só estranhei a queda de produção do Peixe no segundo tempo.

Tanto que o Avaí passou a pressionar mais e por pouco não igualou o placar. Para sorte do Santos, sua defesa conseguiu segurar o resultado e os três pontos foram creditados em sua bagagem sem problemas. Melhores do Peixe nesse jogo. Veríssimo, Sasha e Marinho (que está em alta).

OLHA OS NÚMEROS !

* TODOS os resultados da 31ª rodada do Brasileirão. Atlético MG 2 x Goiás 0, Corinthians 3 x Fortaleza 2, Avaí 1 x Santos 2, Vasco 1 x Palmeiras 2, Bahia 1 x Chapecoense 1, Athletico PR 0 x Cruzeiro 0, Ceará 2 x Internacional 0 , São Paulo 0 x Fluminense 2 , Botafogo 0 x Flamengo 1 e Grêmio 2 x 1 CSA .

Números do campeonato: clube com maior número de vitórias é o Flamengo com 22. Também tem o melhor ataque (64) e melhor saldo de gols (39). A defesa menos vazada até agora é a do São Paulo que sofreu 22 gols em 31 jogos.

OLHA AÍ O CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2019
OLHA AÍ O CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2019

* CLASSIFICAÇÃO geral da competição. O Flamengo continua lider isolado com 74 pontos ganhos. Palmeiras tem 66. Santos, 61. Grêmio, 53. São Paulo, 52. Corinthians, 48. Athletico PR, 47. Internacional, 46. Bahia, 43. Goiás, 42.

Atlético MG e Vasco da Gama, 39. Ceará e Fortaleza, 36. Fluminense e Cruzeiro, 34. Botafogo, 33. CSA, 29. Chapecoense, 22 e Avaí, 17.

Quem ficou em pior situação nesta rodada foi o Botafogo, que, ao perder do Mengão ficou nos 33 pontos em 17º lugar já na Z4. Como está em queda livre tem tudo para cair.

* PRÓXIMA rodada (32ª). No sábado - 17 horas - Goiás x Santos, em Goiânia. As 19 horas - Palmeiras x Corinthians, no Pacaembu.

Domingo - às 16 horas - Internacional x Fluminense, em Porto Alegre. Cruzeiro x Atlético Mineiro, em BH. São Paulo x Athletico Paranaense, no Morumbi.

Às 18 horas - Flamengo x Bahia, no Maracanã. Às 19 horas, Fortaleza x Ceará, em Fortaleza. Chapecoense x Grêmio Porto Alegrense, em Chapecó. CSA x Vasco da Gama, em Maceió. Segunda feira, às 20 horas - Botafogo x Avaí, estádio Nilton Santos, no Rio.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos