Braga não deixou nada para os outros times da Série B e foi campeão com méritos

Marquinho Chedid procurou a direção da Red Bull e fechou um acordo que foi bom tanto para o clube quanto para seu novo parceiro.

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

A Série B do Campeonato Brasileiro terminou nesse final de semana. O Bragantino, que passou a ter o apoio direto da Red Bull, foi disparado o melhor time do campeonato. Além de terminar a competição com sete pontos à frente do segundo colocado que foi o Sport Recife.

O Braga foi o clube com maior número de vitórias (22), teve o melhor ataque (64 gols), melhor defesa (sofreu apenas 27 gols em 38 jogos) e o melhor saldo, 37 gols.

Foi realmente uma campanha incrível. Isso só foi possível quando o presidente Marquinho Chedid procurou a direção da Red Bull e fechou um acordo que foi bom tanto para o clube quanto para seu novo parceiro.

Muita gente não sabe mas a Red Bull tem dois clubes na Europa, um na Alemanha e outro na Áustria, que são tão bons que disputam a Liga dos Campeões da Europa, tem outro no futebol norte americano, além de patrocinar também com sucesso uma equipe de Formula 1.

Bragantino foi campeão e promete sucesso nos próximos anos
Bragantino foi campeão e promete sucesso nos próximos anos

FUTURO PROMISSOR
No caso do Bragantino, a primeira iniciativa desta empresa foi assumir o velho estádio do Bragantino que foi reformulado e ainda receberá outras melhorias no ano que vem. O gramado e os vestiários (mandante e visitante) foram modernizados e um centro de treinamentos foi construido.

Marquinho ficou como presidente, mas quem determina agora como o clube será administrado é a Red Bull, que quer fazer do Bragantino um dos melhores times do futebol brasileiro. Quem imagina que esse projeto é irreal para um clube do interior paulista, está muito enganado.

VERBA GORDA

Claudinho e Júlio César: destaques na conquista
Claudinho e Júlio César: destaques na conquista


Já para o ano que vem, o comando da Red Bull terá uma verba de 200 milhões para reforçar o time que vai disputar a Série A do Brasileirão. A princípio, a base do time será aquela que subiu da série B para a A. Mas alguns reforços de excelente nível já estão sendo procurados pela diretoria que imagina já fazer uma boa campanha na Série A do Brasileirão do ano que vem.

Antônio Carlos (ex zagueiro de São Paulo e Palmeiras) foi o técnico campeão da série B e deve continuar dirigindo o time na série A. A comissão técnica, à principio, também deverá ser mantida. O estádio será ampliado ainda mais.

TUDO NO FUTEBOL INTERIOR

Todas essas informações o FUTEBOL INTERIOR já deu, mas a gente repete aqui, porque a Série B só terminou neste sábado e esse era o melhor momento para falar sobre a nova sensação do futebol paulista, o Bragantino, que tem como maior sonho transformar-se num dos clubes de maior potencial no futebol de nosso País.

MEU PARABÉNS !

Luiz Arthur e Marco Chedid
Luiz Arthur e Marco Chedid

Nesse momento, aproveitamos o espaço para cumprimentar toda a diretoria do Braga (um abração para o Marquinho Chedid) e da Red Bull, assim como sua comissão técnica e jogadores.

Fazemos o mesmo em relação aqueles que comandam e jogam pelo Sport Recife, Coritiba e Atlético Goianiense que, ao lado do Bragantino, também confirmaram suas presenças na Série A do Campeonato Brasileiro do ano que vem.

C * U * R * T * A * S

* CLASSIFICAÇÃO final da Série B do Campeonato Brasileiro. Bragantino em primeiro lugar com 75 pontos ganhos. Sport Recife, 68. Coritiba, 66. Atlético Goianiense, 62. América MG, 61. Paraná, 56. CRB, 55. Cuiabá, 52. Botafogo e Operário, 50. Ponte Preta - 47. Vitória, 45.

Guarani e Brasil de Pelotas - 44. Oeste e Figueirense, 41. Londrina, São Bento, Criciúma e Vila Nova, 39. Esses quatro últimos colocados que curiosamente fizeram os mesmos 39 pontos foram rebaixados e em 2020 vão disputar a série C do Brasileiro. Time sorocabano mereceu cair.

Após a festança é hora de pensar em 2020
Após a festança é hora de pensar em 2020

FORÇA PAULISTA

* SEIS clubes paulistas disputaram a Série B deste ano. O Bragantino que foi o campeão disparado. O Botafogo de Ribeirão que até começou bem o campeonato mas depois caiu para o meio da tabela.

A Ponte Preta que decepcionou sua torcida mesmo com troca de técnicos. Foi um ano para a Macaca esquecer. O mesmo posso dizer do Guarani. Péssima campanha, em especial no primeiro turno. Os dois times precisam se reformular. O Oeste também decepcionou. Já fez campanhas melhores. Quanto ao São Bento de Sorocaba, foi uma decepção completa.

TORCIDA ESPECIAL

* NESTE campeonato torci para o Figueirense que era administrado por uma empresa que não pagava os jogadores nem a comissão técnica o que provocou uma greve dos jogadores que não quiseram entrar em campo num dos jogos.

Os antigos dirigentes do Figueira se reuniram, dispensaram a empresa que vinha cuidado do futebol do clube e assumiram com o time na última colocação. Os salários foram pagos, os jogadores se uniram e o time conseguiu sair da Z4. Maravilhoso. Agora é reformular o time para uma campanha bem superior em 2020.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos