Lateral da Seleção e técnico com estrela brilharam em suas estreias no Brasileirão

Tanto um como o outro fizeram as torcidas de São Paulo e Cruzeiro superlotarem os estádios onde jogaram domingo

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

Na abertura de minha última coluna aqui no Futebol Interior eu destaquei as estreias de Daniel Alves, no São Paulo e Rogério Ceni, no Cruzeiro de BH, como grandes atrações da décima quinta rodada do Brasileirão. Acertei em cheio.

Tanto um como o outro fizeram as torcidas de São Paulo e Cruzeiro superlotarem os estádios onde jogaram e deram a elas a certeza de que esses dois grandes clubes brasileiros vão viver uma nova era a partir deste domingo.

FORA DE POSIÇÃO

Dani Alves fez o gol da vitória Tricolor
Dani Alves fez o gol da vitória Tricolor

Daniel Alves estreou como jogador, mas fora de sua posição costumeira. Na Seleção Brasileira ele é lateral direito, mas no São Paulo de Cuca, jogou como meia armador, como um autêntico camisa 10.

Durante o jogo diante do excelente Ceará, Daniel teve bons momentos, mostrou ser mesmo um autentico líder dentro de campo e completou sua boa presença com um golaço que garantiu a vitória tricolor.

APLAUSOS PARA CENI
Já Rogério Ceni entrou no estádio muito aplaudido pela torcida do Cruzeiro, escalou bem seu time e fez de forma correta as alterações necessárias para chegar a vitória no final do jogo. Vitória mais do que merecida sobre o Santos, atual líder do campeonato, por 2 gols a 0.

A festa lá em Minas e aqui em São Paulo, foram maravilhosas. Há muito tempo não se via torcedores de Cruzeiro e São Paulo tão entusiasmados. E o que é melhor. No final, ambos deixaram o estádio eufóricos, quase em êxtase, porque sentiram que seus clubes realmente iniciaram uma nova fase neste ano de 2019.

Rogério Ceni foi aplaudido no Mineirão
Rogério Ceni foi aplaudido no Mineirão

TRICOLOR ENCOSTA
Com a vitória no Morumbi o Tricolor encostou ainda mais no bloco vanguardeiro do campeonato e o Cruzeiro, que estava no Z4 bastante ameaçado pelo rebaixamento, ganhou alma nova com a vitória diante do Santos e passou a acreditar que tem mesmo forças até para sonhar mais alto ainda na disputa do Brasileirão 2019.

Enquanto isso, o Palmeiras que utilizou seu time reserva em Porto Alegre no sábado, só empatou com o Grêmio em 1 a 1, que foi um placar justo pelo que os dois clubes fizeram durante os dois tempos de jogo.

JEJUM AUMENTA
Palmeiras, por sinal, chegou ao seu sexto jogo seguido sem vitória. Sinal de alerta para o arrogante Felipão.

Já o Corinthians confirmou sua boa fase atual. Venceu o Botafogo carioca por 2 a 0, com um gol a cada tempo e com exibição de ótimo nível sábado no Itaquerão.

MENGO DÁ PASSEIO
Nesta rodada ainda vale à pena destacar a goleada imposta pelo Flamengo no Vasco da Gama, 4 a 1, em jogo disputado em Brasília.

Foi um passeio do rubro negro contra um de seus mais importantes rivais. De negativo, a derrota do Fluminense, dentro de casa, para o limitado CSA, por 0 a 1. Com esse resultado o tricolor carioca passou a integrar o Z4 e a ficar ameaçado pelo rebaixamento.

Próxima rodada do Brasileiro será no próximo final de semana. Com mais quatro rodadas vamos saber quem será o campeão do primeiro turno. A partir daí serão mais 19 rodadas até o campeonato chegar ao seu final.final. Façam suas apostas, senhores!!!

C * U * R * T * A * S

* NÃO PODIA ser melhor a estreia de Daniel Alves no São Paulo. O estádio do Morumbi quase superlotou: 47.705 pagantes. Daniel teve seu nome gritado pelo estádio todo quando seu nome foi anunciado no placar eletrônico e quando entrou em campo.

O resultado final do jogo foi São Paulo 1 x Ceará 0. O gol foi de Daniel Alves, aos 41 minutos do primeiro tempo. Exibição do capitão da Seleção Brasileira foi boa e de acordo com aquilo que o torcedor sãopaulino esperava. O outro estreante, o lateral Juanfran, também agradou. É mesmo um bom jogador.

*A VITÓRIA tricolor foi justa. Mas ela não foi fácil. O Ceará jogou bem, criou situações de gol, esteve perto do empate depois que o São Paulo marcou seu gol e até o final da partida a impressão é que o time nordestino poderia sim fazer ao menos um gol.

Não fossem ótimas defesas do goleiro Volpi e isso teria acontecido. Houve um lance inclusive em que Volpi se chocou violentamente com um jogador do Ceará dentro da grande área. Eu achei que foi um choque normal de jogo, mas muita gente achou que foi pênalti. O árbitro preferiu não marcar.

JOGO ATRASADO

* COM MAIS três pontos o São Paulo chegou aos 27 e ficou apenas cinco pontos atrás do Santos, que é o líder do campeonato. Só que o time de Cuca ainda tem um jogo contra o Athletico Paranaense, que será disputado na quarta feira dessa semana lá em Curitiba.

Se vencer, diminuirá a diferença para o Peixe em três pontos. Isso só prova o quanto é difícil disputar o Brasileirão. Há muito equilíbrio e a todo momento as posições na tabela de classificação são alteradas. O mesmo acontece na briga para não cair. Agora é o Flu que passa apertado.

GOLEIRO CONVENCE

* NO SÃO PAULO destaque para Volpi, primeiro goleiro que convence depois de Rogério Ceni. Na linha de zaga todos agradaram. No meio campo Daniel Alves foi o destaque. Na frente, Antony foi quem melhor se apresentou. Everton também brilhou enquanto teve fôlego.

No time cearense destaco Fabinho e Ricardinho, que mostraram um futebol de excelente nível. Alias, todo o time do Ceará merece aplausos. Todos correm muito, criam boas jogadas de ataque e sabem se defender. É uma equipe que não se intimida nem quando joga fora de casa.

Volpi vai indo bem no São Paulo
Volpi vai indo bem no São Paulo

* TAMBÉM domingo o líder Santos voltou a entrar em campo. Enfrentou o Cruzeiro, em Belo Horizonte. Um Cruzeiro que apresentou seu novo treinador, o mito sãopaulino Rogério Ceni, que teve menos de uma semana para trabalhar, mas já ganhou seu primeiro jogo, mesmo diante de um treinador (Sampaoli) que ele diz ter sido seu mestre quando fez um curso na Espanha para ser técnico de futebol.

Na verdade Ceni escolheu muito bem a tática a ser utilizada e preparou bem seus jogadores no aspecto psicológico. Cruzeiro fez excelente partida.

TORCIDA JÁ ESPERAVA

* PARECE que o torcedor cruzeirense já imaginava que seu time iria ganhar e começaria a deixar o Z4 para dar voos mais altos na sequência do campeonato. Placar final, Cruzeiro 2 x Santos 0, deve ser considerado justo. Clube mineiro foi melhor nos dois tempos de jogo.

* OS GOLS do Cruzeiro foram marcados pelo veterano Fred aos 43 minutos do primeiro tempo e por Thiago Neves, a 1 minuto do segundo. O Santos não teve forças para reagir e perdeu seu segundo jogo seguido.

Com isso viu alguns de seus principais adversários ao título chegarem ainda mais perto da primeira colocação. Não houve destaques no Peixe. No Cruzeiro, mereceram elogios Fábio, o goleiro, Fred e Thiago Neves, no ataque e Paulinho, no meio campo. No final do jogo, Ceni teve seu nome gritado pelos torcedores do Cruzeiro.

Boselli abriu o placar para o Corinthians
Boselli abriu o placar para o Corinthians

TIMÃO COMPETENTE

* NO SÁBADO forma disputados cinco jogos pelo Brasileirão. O Corinthians passou por cima do Botafogo carioca, por 2 a 0, no Itaquerão, numa partida em que o time de Fábio Carille mostrou muita competência na marcação, teve criatividade no meio campo e também soube como fazer os gols para chegar a vitória. Foi um gol em cada tempo.

O primeiro marcado por Boselli, aos 42 minutos do primeiro tempo e o segundo por Everaldo, aos 22 minutos do segundo. Vitória justa do Timão que foi bem superior ao Botafogo e encostou no G4 do campeonato.

* DO LADO corintiano dois grandes destaques. Fagner, que voltou a lateral direita e foi muito eficiente tanto na defesa quanto no ataque e Pedrinho, que voltou a mostrar um futebol auspicioso e de muita qualidade técnica.

Corinthians mostrou competência
Corinthians mostrou competência

Aliás, o jovem meia corintiano que foi convocado na semana que passou para defender a Seleção Brasileira sub 23, fez sua sexta ou sétima boa exibição como titular do Timão. Também merecem elogios o centroavante Boselli que fez boas jogadas e um gol e o centroavante Everaldo, que mostrou ser bastante oportunista.

* BOM lembrar ainda que o meia Jadson que hoje é reserva do Corinthians, entrou em campo e completou seu centésimo quarto jogo com a camisa do clube. Acima dele só Cássio que já jogou 153 jogos pelo time da fiel e Fagner, que jogou 140 vezes pelo alvinegro paulistano.

Diretoria corintiana colocou a venda pela primeira vez no Itaquerão bandeiras do clube que tiveram grande procura. Ao final do jogo, Carille mostrou-se satisfeito com a produção de sua equipe e, por ver o Corinthians entre os quatro primeiros colocados do Brasileirão 2019.

EMPATE JUSTO DO VERDÃO

* O PALMEIRAS jogou na noite do sábado contra o Grêmio, em Porto Alegre. No final da partida o placar apontava 1 gol para cada lado. Um resultado justo, já que houve predominância gremista em alguns momentos e em outros foi o time de Felipão quem comandou a partida.

Para o Grêmio o resultado foi ruim. Afinal, jogou em seu estádio, ao lado de sua torcida numa partida em que por ser mandante tinha quase a obrigação de vencer. Mas por utilizar sue time reserva o tricolor gaúcho acabou se conformando com o empate. Pouca gente viu o jogo.

Grêmio buscou o empate com o Palmeiras
Grêmio buscou o empate com o Palmeiras

* O GOL do Verdão foi de Dudu, que atravessa grande momento. O gol saiu aos 14 minutos do primeiro tempo numa jogada rapidíssima do ataque verde. Com a vantagem o Palmeiras recuou, tentou administrar o resultado e quase conseguiu chegar ao final da partida com os três pontos.

Mas aos 43 minutos do segundo período, David Braz, que já foi do Santos, acertou potente chute de fora da área que o goleiro Weverton não conseguiu segurar. Grêmio 1 x Palmeiras 1. A partir daí os dois times procuraram não arriscar porque o empate era bom resultado.

MENGO MAIS PERTO

* COM O resultado, o Verdão igualou o Flamengo em pontos ganhos na classificação geral. Mas como o Mengão tem melhor ataque, a vice liderança é sua. O Palmeiras está em terceiro lugar. Delegação palmeirense não voltou para São Paulo.

Ficou em Porto Alegre onde nessa terça feira tem jogo contra o mesmo Grêmio às 21h30, pela Copa Libertadores de América, quartas de final, jogo de ida. Na semana que vem ambos voltarão a campo na Allianz Arena, em São Paulo, para disputar a vaga nas semifinais desta importante Copa Sul Americana.

TODOS OS RESULTADOS

Bruno Henrique: gols e Seleção
Bruno Henrique: gols e Seleção

* TODOS os resultados do último final de semana pela Série A do Brasileiro. Fortaleza 0 x Inter 1 (primeira vitória do colorado gaúcho fora de casa). Corinthians 2 x Botafogo 0. Vasco 1 x Flamengo 4 (um show do bola do Mengão).

Athletico PR 1 x Atlético MG 0. Grêmio 1 x Palmeiras 1. Cruzeiro 2 x Santos 0 (Ceni começou com vitória), São Paulo 1 x Ceará 0 (Daniel Alves estreou com gol)., Flu 0 x CSA 1, Bahia 1 x Goiás 1 e Chapecó 1 x Avaí 0 . Como se percebe, os jogos da 15ª rodada foram todos disputados. Não sobrou nada para segunda.

PEIXE AINDA LIDERA

* DEPOIS desses jogos a classificação geral do campeonato ficou assim. O Santos continua líder com 32 pontos ganhos. Flamengo e Palmeiras tem 30. Atlético MG, São Paulo e Corinthians, 27. Inter, 24. Athletico PR e Botafogo, 22. Bahia, 21. Ceará, 20.

Goiás e Grêmio, 18. Fortaleza e Vasco da Gama, 17. Cruzeiro, 14. Chapecoense, 13. Fluminense,, 12. CSA, 11. Avaí, 6; Os quatro últimos colocados estão à caminho do rebaixamento. Os sete primeiros, mais perto de uma vaga na Libertadores do ano que vem. Campeonato está bem embolado.

* PRÓXIMOS jogos do Brasileirão. Sábado - 11 horas - Atlético MG x Bahia, em BH e Grêmio x Athletico PR, as 16 horas, em Porto Alegre. No domingo - 16 horas - Ceará x Flamengo, em Fortaleza, Santos x Fortaleza, na Vila Belmiro, Vasco da Gama x São Paulo, no Rio de Janeiro e Goiás x Inter, em Goiânia.

Às 19 horas, Avaí x Corinthians, em Florianópolis e CSA x Cruzeiro, em Maceió. Segunda feira as 20 horas - Botafogo x Chapecoense. Terça, às 21 horas, Palmeiras x Fluminense, em São Paulo. Esta será a 16.ª rodada do Brasileirão.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos