Brasileiros perdem duelos e final da Libertadores vai ser inédita entre argentinos

Palmeiras até empatou com o Boca Juniors, mas tinha perdido na Argentina. O River Plate eliminou o Grêmio no Sul

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

Palmeiras e Grêmio, os dois representantes do futebol brasileiro nas semifinais da Copa Libertadores de 2918, não tiveram competência para chegar as finais desta competição. O Grêmio que venceu em Buenos Aires no primeiro jogo por 1 a 0, perdeu dentro de seu estádio em Porto Alegre por 2 a 1 e de virada.

Único gol do Tricolor gaúcho foi marcado por Leonardo Gomes, aos 35 minutos do primeiro tempo. Borre aos 36 e Martinez aos 50 do segundo, deram a vitória ao time argentino na última terça feira.

Palmeiras não conseguiu superar o Boca Juniors nem no Allianz Arena
Palmeiras não conseguiu superar o Boca Juniors nem no Allianz Arena
Na quarta, o Palmeiras jogou em casa para tentar reverter uma vantagem do Boca Juniors que fez 2 a 0 em seu estádio, o La Bombonera. Mas não deu certo. Quem marcou primeiro na Allianz Arena foi Abile, centroavante argentino, aos 17 minutos do primeiro tempo.

No segundo o Verdão até se animou quando Luan fez um golaço aos 7 minutos. Aos 15 Gomes marcou o segundo gol e a torcida verde já começou a comemorar.

BENEDETTO DE NOVO

Mas aos 25 minutos, o mesmo Benedetto que fez os dois gols do Boca lá na Argentina, entrou no segundo tempo do jogo de quarta e fez o gol de empate, 2 a 2, que deixava o Palmeiras com a obrigação de fazer mais três se quisesse se classificar.

Óbvio que não conseguiu. O empate prevaleceu e o Boca fez a festa e vai disputar mais sua oitava final do mais importante torneio Sul Americano de Futebol contra seu maior adversário argentino, o River Plate.

Boca teve eficiência
Boca teve eficiência
DATA INDEFINIDA
Primeiro jogo será na semana que vem, dia 7, no campo do Boca. O segundo deveria ser no dia 28 de novembro, mas como haverá uma reunião do G20 ,entre as maiores autoridades do mundo em Buenos Aires, essa partida decisiva deverá ou ser antecipada para o dia 25 de novembro ou adiada para o dia 5 de dezembro.

Mas a data é o que menos importa. Fantástico é que o futebol argentino pela primeira vez ver á uma decisão de título da Libertadores entre seus dois clubes mais importantes.

Deve ser uma festa com superlotação tanto no estádio do Boca como o do River. Essa final, sem dúvida, valoriza as finais deste torneio.

Quanto as desclassificações de Grêmio e Palmeiras, foram justas. Tanto o River foi melhor que o Tricolor gaúcho em Porto Alegre, como o Boca foi melhor que o Palmeiras nos dois jogos disputados, em Buenos Aires e em São Paulo.


SEMIFINAL BRASILEIRA
NA SUL-AMERICANA

Pela Sul Americana, o Fluminense venceu o Nacional do Uruguai em Montevidéu por 1 a 0 e garantiu vaga nas semifinais deste torneio. O Atlético Paranaense perdeu para o Bahia durante o tempo normal, mas ganhou a classificação na cobrança de pênaltis por 4 a 1.

Na próxima fase Fluminense e Atlético Paranaense vão disputar dois jogos para ver qual deles será finalista. Do outro lado já tem o Santa Fé ; classificado e falta o vencedor de Defensa y Justicia, da Argentina.

Eles jogam hoje (quinta-feira) em Buenos Aires. O vencedor enfrentará o Santa Fé também em dois jogos. Fica claro com esses resultados que um brasileiro estará na final da Sul Americana. Ou Fluminense ou Atlético Paranaense. Vamos ver quem tem mais bala na agulha!

Fluminense foi valente na conquista de vaga na semifinal mesmo no Uruguai
Fluminense foi valente na conquista de vaga na semifinal mesmo no Uruguai

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos