Palmeiras quebra tabu contra o São Paulo e dispara na ponta do Brasileirão

Felipão não perde há 13 jogos e torcida xingou Aguirre de 'burro'. Timão passa vergonha com Sheik e Danilo

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

O Palmeiras não só venceu sábado à noite dentro do Morumbi e quebrou um tabu de dezesseis anos sem vitórias no maior estádio da capital paulista como também ganhou com enorme competência como também disparou na liderança do Campeonato Brasileiro de 2018.

Do primeiro ao último minuto de jogo só deu Verdão. O placar (2x0) inclusive poderia ter sido ampliado não fosse o menor empenho verde nas jogadas de ataque no segundo tempo da partida.

O São Paulo foi muito mal em todos os setores. Sua defesa pareceu um queijo suíço, cheio de buracos. O meio campo só marcou mas não criou nada.

E o ataque foi decepcionante. Durante os pouco mais de noventa minutos de jogo, o Tricolor só chutou cinco vezes contra o gol de Wewerton.

Já o Palmeiras, que jogou com seu time alternativo porque está de olho nos jogos da Libertadores, se impôs em campo desde o inicio da partida.

Defesa muito sólida, meio campo bom na marcação e principalmente na criação e ataque bastante móvel e muito objetivo em suas ações.

FELIPÃO ENGOLE AGUIRRE
Podemos dizer que o velho Felipão engoliu Diego Aguirre, que vinha sendo elogiado por ter colocado o São Paulo nos trilhos. Por falar no treinador uruguaio, ele pisou na bola desde a entrada de seu time em campo.

Na verdade, ele "inventou" na escalação de seu time e, como consequência, deve ser apontado como um dos grandes culpados pela baixa produção de sua equipe nesta partida. Um dos seus erros foi ter colocado Rodrigo Caio no time e ter deixado Arboleda, melhor zagueiro do time, fora do jogo.

Ele não deve ter estudado a forma do Palmeiras jogar porque seu time foi engolido pelo meio campo verde e nos gols foi "surpreendido" pelos cruzamentos feitos sobre a grande área tricolor. Disse "surpreendido" porque, no primeiro gol, é praxe um dos zagueiros do Verdão se colocar um pouco mais atrás e entrar na corrida para testar a bola nos cruzamentos feitos por Dudu.

GOLS PELO ALTO
Além disso, os gols do Palmeiras foram feitos pelo alto e a defesa tricolor foi muito mal nestas jogadas aérea. Lucas Lima, por exemplo, jogou livre, à vontade. Com muita aplicação ele foi um dos termômetros do Palmeiras, pois não só marcou bem como foi o ponto de referência no setor de criação do time.

Em resumo. Uma vitória mais do que justa do Palmeiras que, em minha opinião, se transformou no grande favorito ao título brasileiro da temporada. enquanto o São Paulo deixou o gramado vaiado, desmoralizado e sem forças para ainda tentar uma reação no campeonato À curto prazo.

EM BAIXA, EM ALTA
Aliás, se continuar a jogar como no último sábado, o Tricolor que até outro dia era candidato ao título, hoje está ameaçado até de ficar fora do grupo de clubes brasileiros que vai disputar a próxima Libertadores.

Fica claro diante disso que a liderança do campeonato está em ótimas mãos de onde dificilmente vai sair, pois o Verdão é mesmo o melhor time do País, Os outros, por isso mesmo, só tem uma alternativa: seguir o líder! O resto é resto e nem merece melhor análise!

C * U * R * T * A * S

* MELHORES do jogo do Morumbi. Pelo lado do Palmeiras o goleiro Weverton esteve bem. Na linha de zagueiros o melhor foi Gustavo Gomes que além de ganhar quase todas as divididas ainda marcou um gol de cabeça para o Verdão.

No meio campo um futebol competitivo de qualidade apresentado pelo volante Felipe Melo e uma atuação de excelente nível de Lucas Lima que além de criar jogadas também ajudou muito na marcação. Na frente o melhor de todos foi Dudu. Talvez o melhor do time. Deyverson também mostrou um futebol de qualidade.

* NO SÃO Paulo poucos destaques. A defesa esteve muito abaixo do que produziu nos últimos jogos. Sidão mais uma vez apresentou falhas gritantes que demonstram sua falta total de competência para ser goleiro titular do Tricolor. Só Diego Aguirre gosta dele.

No meio campo Jucilei até foi eficiente, mas jogou menos do que nas últimas partidas. Do meio para frente ninguém se destacou. Talvez Rojas tenha sido o melhorzinho. Nenê, que era esperança da torcida, jogou tão mal que Aguirre o sacou do time. Foi uma noite para o São Paulo esquecer.

* A TORCIDA saopaulina foi em grande número torcer por seu time. Foram nada menos de 56.694 pagantes que deixaram o estádio no final do jogo totalmente frustrados. Aliás, tanto no final do primeiro como no final do segundo tempo, essa enorme massa torcedora vaiou os jogadores com muita força.

E o técnico Diego Aguirre, que vinha sendo um ídolo do torcedor, foi chamado de burro por uma boa parte da torcida. Agora só resta uma opção ao São Paulo, Juntar os cacos e tentar melhorar. Ou nem a classificação para a Libertadores ele consegue.

SHEIK E DANILO VIRAM PIADA
* NA SEXTA outros dois grandes do futebol paulista jogaram, Corinthians e Santos. O Corinthians enfrentou o Flamengo no Itaquerão. Perdeu por 3 a 0, placar que não deixou margem de dúvida quanto a superioridade do rubro negro sobre o time da fiel.

Emerson Sheik é piada no Corinthians
Emerson Sheik é piada no Corinthians

O jogo não foi dos melhores no primeiro tempo. Muita marcação, pouco futebol. Mas no segundo, o Flamengo se soltou e partiu em busca da vitória. Paquetá fez um gol aos 14 e outro aos 20 minutos e desarticulou o Corinthians; Aos quarenta e seis minutos Renê completou o placar da partida.

* ALVINEGRO paulistano foi desastroso. Nada deu certo. Pior ficou quando o técnico Jair Ventura resolveu colocar Sheik e Danilo em campo. Dois jogadores superados que não tem mais nada a doar ao time. Uma lástima.

Já o Mengão está totalmente reabilitado. Jogou muito bem. Em especial o meia Paquetá que andou meio sumido mas ressurgiu com tudo nesse jogo. Além de dois gols participou das principais jogadas ofensivas do Flamengo. No Corinthians, só Cássio se salvou. Ele não teve culpa nos gols. Os demais foram completa decepção.

PEIXE VENCE OUTRA
* O OUTRO alvinegro que jogou sábado foi o Santos, que venceu com dificuldade o Vitória, em Salvador, Bahia, por 1 a 0, gol marcado aos 8 minutos do primeiro tempo pelo uruguaio Sanchez. Esse jogador, por sinal, foi o melhor do time. Fez ótimas jogadas, criou e arrematou além de fazer o único gol do jogo.

Além dele, destaque mais uma vez para o goleiro Vanderlei. Ele fez defesas muito difíceis e segurou a vitória para o Peixão. No Vitória, melhor foi o goleiro Douglas. Os demais, oscilaram muito e nem merecem destaque. Só merecem críticas.

* COM OS três pontos conquistados, o Santos subiu na tabela de classificação e ficou numa situação bastante cômoda em relação ao rebaixamento. Dá até para sonhar com uma vaga na Libertadores se o time mantiver essa pegada.

Contra o Vitória o Peixe não fez uma partida de alta qualidade. Mas jogou o necessário para merecer a vitória. É um time que não joga para dar espetáculo mas para conquistar pontos. E, por esse aspecto, tem jogado o necessário para vencer seus adversários. Cuca, por sinal, tem muito mérito nesse crescimento do time.

TEM MAIS JOGOS

* TODOS os resultados da série A do Brasileirão; Sport 2 x Internacional 1, Corinthians 0 x Flamengo 3, Vitória 0 x Santos 1, Atlético PR 4 x América MG 0, Chapecoense 1 x Atlético MG 0, São Paulo 0 x Palmeiras 2 e Grêmio 2 x Bahia 2. A rodada será completada neste inicio se semana.

Flamengo passeou em Itaquera com direito a cambalhota de Paquetá
Flamengo passeou em Itaquera com direito a cambalhota de Paquetá

Nesta segunda jogam Fluminense x Paraná e na terça feira, Botafogo x Vasco da Gama. O jogo entre Cruzeiro e Ceará, que será disputado em Belo Horizonte, foi adiado para 24 de outubro por causa do compromisso do time mineiro pelas finais da Copa do Brasil.

* A CLASSIFICAÇÃO. O Palmeiras disparou na ponta com 56 pontos ganhos. O Inter vem em segundo com 53, O Flamengo está com 52, mesma pontuação do São Paulo. Só que o Mengão tem melhor saldo de gols. Portanto o Tricolor que já foi líder agora está em quarto lugar.

O Grêmio está com 51. O Atlético Mineiro com 45. O Santos tem 39. Corinthians, 35. Atlético PR,36. Fluminense, 34. Botafogo, 33. América MG, 32. Bahia e Chapecoense, 31. Ceará e Vasco, 29. Sport Recife, 27 e Paraná Clube, 17. Essa é a 28ª rodada do campeonato.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos