Rússia luta bastante, mas é eliminada pela Croácia nos pênaltis

O jogo entre essas duas seleções foi emocionante e de muita aplicação física e tática

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

A seleção anfitriã da Copa do Mundo de 2018 foi eliminada neste sábado, pela Croácia, depois do tempo normal e de uma prorrogação de pouco mais de 15 minutos. A decisão foi para os pênaltis e o time croata foi mais eficiente e ganhou o direito de continuar na Copa com placar final de 4 a 3.

O jogo entre essas duas seleções foi emocionante e de muita aplicação física e tática. O estádio de Sochi superlotou com a animada torcida russa. Ainda assim, o time da Croácia teve sangue frio e competência para chegar ao final da prorrogação com o empate e, na hora de decidir nos pênaltis, seus jogadores mostraram melhor equilíbrio emocional do que os atletas russos.

SEMIFINAIS DEFINIDAS
Com esse resultado, a Rússia foi desclassificada, assim como a Suécia perdeu a vaga diante da jovem e qualificada seleção inglesa na manhã deste sábado. Agora o Mundial vai para sua fase semifinal com jogos nas próximas terça e quarta feira as 15 horas.

Na terça vão jogar França e Bélgica, duas das melhores seleções desse mundial. Na quarta será a vez da Inglaterra medir forças com a Croácia. Em tese, jogo entre franceses e belgas não tem favorito, enquanto na outra partida, os ingleses me parecem mais perto da vitória do que os croatas (que nos jogos das oitavas e quartas decidiram sua vaga nos pênaltis e, por consequência, correram e se desgastaram muito mais do que o atletas do time inglês).

OS MAIS FORTES
De qualquer forma, sabemos que em futebol não existe vitória antecipada. Assim, não será uma grande surpresa se a Croácia também passar pela Inglaterra e, por tabela, garantir sua vaga na grande final da Copa contra a França ou a Bélgica.

Nesse momento, os belgas tem o time mais eficiente no ataque. Eles já marcaram 14 gols em cinco jogos disputados. Inglaterra e Croácia marcaram 11 e a França, 9. No que se refere as defesas, a Bélgica sofreu 5 gols em cinco jogos, o que dá média de 1 gol por jogo. Mas como marcou 14, tem um saldo positivo de 9 gols, contra 7 de ingleses e croatas e 5 dos franceses.

Inglaterra venceu a Suécia com relativa facilidade
Inglaterra venceu a Suécia com relativa facilidade

NÚMEROS DELES
A França tem o mesmo número de gols sofridos que Inglaterra e Croácia, 4. Por esses números dá para perceber que as semifinais serão equilibradas e difíceis para as quatro seleções. Os vencedores das semifinais vão disputar o título no domingo em Moscou, a partir das 12 horas (horário brasileiro). Os perdedores disputarão o terceiro lugar no sábado que vem as 11 horas da manhã, em São Petersburgo.

Para que vocês tenham uma ideia através dos números de como foi a Seleção Brasileira até sair da Copa, lembramos que o ataque brasileiro marcou 8 gols e a defesa sofreu 3. O que dá um saldo de 5 gols, igual ao que a França tem hoje e inferior aos de Bélgica, Inglaterra e Croácia.

FALTOU PONTARIA
Fica evidente, portanto, que a eliminação do Brasil não foi assim tão injusta. O time de Tite até se defendeu bem mas falhou demais no momento das conclusões. Foram 102 chutes a gol em cinco jogos e apenas 8 gols marcados. Faltou principalmente pontaria aos jogadores do Brasil. Dai a razão de ter voltado mais cedo para casa.

CURTAS * DA * COPA

* HENRY CANE continua como principal artilheiro da Copa até agora com 6 gols marcados. Ele joga pela Inglaterra. Entre os quatro semifinalistas, só a Bélgica não perdeu jogo até agora. Jogou e venceu os cinco que disputou. Já a França e a Croácia, empataram um jogo cada.

A Inglaterra perdeu 1 para a Bélgica na fase de grupos. É por isso que acredito na possibilidade do time belga no mínimo chegar pelo menos a grande final da Copa. É um time bem armado e muito competente, que privilegia o ataque mas também tem um ótimo esquema defensivo.

Mário Fernandes marcou gol de empate e depois perdeu pênalti
Mário Fernandes marcou gol de empate e depois perdeu pênalti

* MARIO Fernandes, lateral direito da Seleção da Rússia que disputou esse Mundial, fez o gol de empate em favor de seu time que levou a decisão do jogo para os pênaltis. Em compensação, foi um dos jogadores da seleção da casa que errou sua cobrança e, por consequência, um dos responsáveis pela desclassificação russa.

Ainda assim, deixou o campo aplaudido, assim como seus companheiros que fizeram ótima campanha nesse Mundial. Na verdade, nem a torcida russa esperava que sua seleção chegasse tão longe. Fez uma boa campanha.

PAPO FURADO

* NEYMAR se pronunciou através da internet. Disse que a derrota do Brasil diante da Bélgica, foi a "que mais o machucou em sua carreira". Ele disse ainda que "vai continuar se dedicando para quem sabe disputar mais um Mundial e, no caso, ganhar o título que sempre sonhou ter em seu currículo".

Neymar vai continuar no PSG e fez um acerto com sua namorada para morarem juntos na capital da França assim que ela terminar de gravar a novela que faz na TV Globo nesse momento. Antes do fim do ano, portanto, o casal vai ter apartamento em Paris.

DEFESA DE NEYMAR

* EDU GASPAR, supervisor de futebol da CBF, deu rápida entrevista antes de viajar de volta para o Brasil neste sábado. Defendeu Neymar e disse que ele é muito marcado em tudo que faz. Que ele sofre porque não o deixam viver sossegado. Tipo da colocação vazia.

Ou Edu queria que depois de lutar tanto para ser uma celebridade e conseguir, o atacante revelado pelo Santos poderia ter sossego em sua vida profissional e pessoal. Com a fama que ele mesmo quis, é muito mais cobrado, elogiado ou criticado. Afinal esse é o ônus de ser famoso.

TRABALHO MANTIDO

* CBF FEZ mesmo propostas para Tite e sua comissão técnica continuarem à frente da Seleção Brasileira. Tite não quis responder, mas, ao que tudo indica, vai aceitar. Ainda nesse ano, nas datas Fifa, a Seleção terá alguns amistosos a disputar. No ano que vem terá que participar da Copa América de Seleções.

Será a chance de Tite fazer novas experiências, testar novos jogadores e começar a montar um bom time para as próximas Eliminatórias. E tem mais. No momento, não há técnico no Brasil para substituir Tite. Problema é se ele não quiser renovar.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos