E agora?

E agora?

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Agora que está tudo gelado, como palpitar sobre futebol?

Gelado, não. Tá tudo muito chato ao colocarem o futebol no mesmo balaio de atividades com risco de propagação do vírus. Aí tiraram a diversão de você. Ou de nós.

Chatérrimo. Isso lembra aqueles tempos daquele moleque birrento no futebolzinho de rua, que por ser dono da bola a levava embora quando se irritava por algum motivo.

Era fim de brincadeira e ficava todo mundo 'lambendo o beiço'.

Não estamos interessados em discutir essa 'zebraça' que foi a derrota da Alemanha para Macedônia por 2 a 1, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

NILTINHO E BIDU

Se alguém te informar que enfim a Ponte Preta acertou a vinda do atacante Niltinho, uns e outros dirão: 'E daí? Não o conheço”.

E daí que se o lateral-esquerdo Bidu, do Guarani, se considera 'peça importante dentro do grupo”.

Num primeiro momento a fala dele pode soar como prepotência, mas digamos que saiu de forma involuntária. Até então não havia indícios de arrogância.

Também não é assunto que cabe debate.

Debater o que, então?

Nada.

Boa 'Sexta-feira Santa' pra todos vocês.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos