Andrigo arrancou aplausos, enquanto Eliel fez a melhor partida pelo Guarani

Meia bugrino tem ratificado aquilo que dele se esperava

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Sobre Ponte Preta, a coisa caminha na base de perder, perdeu; ganhar, ganhou. Um pós-jogo, ou um pós-vexame como se nada tivesse acontecido.

Afora isso, nada a acrescentar além de tudo que já foi citado.

GUARANI

Sobre Guarani, tem-se que reconhecer que o meia Andrigo é uma grata surpresa para quem desconhecia a trajetória dele no CSA.

Neste mesmo espaço, quando da contratação dele, revelei que na coletânea de lances em que havia atuado pelo time alagoano, viu-se, entre outras coisas, frieza em gol que zagueiro adversário havia sujado o calção ao se esparramar na gramado após sofrer drible seco do meia.

Foi alertado, entretanto, que uma coisa é observar DVD, outra coisa é a prática. E Andrigo tem se encaixado nesta segunda opção.

ELIEL

Justiça seja feita: lateral-esquerdo Eliel, que substituiu Bidu, realizou contra o Santo André a sua melhor partida com a camisa do Guarani.

Se é um atleta que não se completa quando ataca, defensivamente ganhou a maioria das jogadas na vitória sobre o Santo André, na segunda-feira.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos