Sílvio Santos vem aí, olê, olê, olá...

Santos e Palmeiras decidem a Copa Libertadores e a exclusividade da transmissão é do SBT

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Sílvio Santos, o homem sorriso, nasceu com o rosto (pra não dizer outra coisa) virado pra lua.

O homem do antigo Baú da Felicidade, dono do SBT, jamais imaginava que deixaria a concorrente TV Globo com bastante 'REIVA' por causa da Copa Libertadores.

A Globo perdeu os direitos de transmissão da competição, o SBT entrou no circuito e foi tremendamente recompensado com o sucesso da Libertadores, culminando com uma final brasileira em alto estilo entre Palmeiras e Santos, no próximo dia 30, no Estádio do Maracanã.

Exceto a partida fora da curva do Palmeiras na derrota para o River Plate por 2 a 0, terça-feira, o time tem praticado bom futebol e encantado os seus torcedores.

Santos: finalista da Libertadores
Santos: finalista da Libertadores

Depois da goleada por 3 a 0 sobre o Boca Junior, na noite desta quarta-feira no Estádio da Vila Belmiro, imaginem a empolgação dos torcedores santistas?

Que final de Libertadores! Que audiência, hein Silvio Santos.

GREVE E PROTESTO

Ponte Preta e Cruzeiro puxaram a fila de protestos contra atrasos de salário, direitos de imagens e 13º salário.

Brevemente outros devem engrossar o movimento.

Jogadores do Cruzeiro recusaram-se concentração na Toca da Raposa.

No elenco da Ponte, recusa de participação dos treinamentos na manhã desta quarta-feira, como forma de pressionar a diretoria a se manifestar sobre os atrasos.

Evidente que quem trabalha espera receber os seus direitos, principalmente funcionários que ganham menos.

Convenhamos que faltou compreensão aos atletas de ambos os clubes, visto que a maioria atravessa dificuldades financeiras decorrente da pandemia do coronavírus.

Jogadores ainda têm reservas financeiras e podem se virar, diferentemente daqueles trabalhadores que perderam emprego, já não contam com o auxílio emergencial e estão desorientados.

GUARANI

A sorte do Guarani está lançada no jogo da noite desta quinta-feira contra o Cuiabá, no Mato Grosso.

Se vencer volta decisivamente ao páreo por vaga nesta Série B do Campeonato Brasileiro.

Chegando aos 51 pontos, ainda terá mais dois em casa, contra Vitória e Juventude, saindo para enfrentar o oscilante Avaí.

Empate com o Cuiabá vai implicar na dependência de tropeços dos concorrentes, para que a distância de quem está a sua frente não seja ampliada.

Derrota será fim de linha. Aí, na projeção natural, mesmo que ganhe os jogos restantes o limite passa a ser de 57 pontos, insuficientes para continuar postulando acesso.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos