Promoção da molecada é indício de reformulação em curso no Guarani

Apesar disso, clube ainda persegue vaga de acesso ao Brasileirão depois do empate por 1 a 1 no dérbi 198

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Já que elucubrar não é pecado, então que elucubremos sobre o Guarani.

Estariam comissão técnica do clube e dirigentes com projeto de reformulação, independentemente daquilo que possa ocorrer na sequência desta Série B do Campeonato Brasileiro?

Técnico Felipe Conceição
Técnico Felipe Conceição

Se é fato que o Guarani tem colocado em prática intensidade ofensiva nos últimos jogos em Campinas, até com abuso de bola alçada à área adversária, por que o treinador Felipe Conceição sequer tem feito uso do centroavante Rafael Costa, jogador de área de ofício?

Evidente que Rafael Costa é jogador de pouca mobilidade e a baixa estatura o prejudica no jogo aéreo, mas pelas circunstâncias de bola rondando seguidamente a área adversária, até que poderia ser opção em caso de placar adverso, mas tem sido relegado.

Esse é um claro indício de que o jogador esteja fora dos planos para a temporada, e assim passa a dar espaço a outros como o garoto Matheus Souza, da mesma posição, que tem sido apoiado.

BIDU E ELIEL

Como explicar as sucessivas vezes em que o lateral-esquerdo Eliel tem entrado na equipe?

Se no segundo tempo diante do Sampaio Corrêa ocupou o lugar do atacante de beirada Renanzinho, para ajudar numa dobra de marcação no setor, nada justifica ter substituído Bidu em partidas com grau maior de dificuldades contra América Mineiro e Ponte Preta.

Em jogos que o Guarani não tinha o placar favorável, como prescindir de Bidu para escalar um substituto que por ora se vale apenas da voluntariedade?

Ainda por conta de elucubração, estaria encaminhada suposta negociação de Bidu, e com isso já se busca preparar um substituto?

LUDKE E VICTOR RAMON

A perda de espaço do lateral-direito Cristóvam para o surgimento do novato Matheus Ludke na posição é outra amostragem de que já se pensa no próximo Paulistão com grupo modificado.

Cabe lembrar que o recém-saído da base Victor Ramon, quarto-zagueiro, teve o batismo de fogo no time bugrino em jogo contra o Cruzeiro, no Estádio Mineirão, no empate por 3 a 3.

Falhou sim naquela ocasião, mas, mantido no time contra a Chapecoense, até marcou gol de cabeça na vitória bugrina.

ELENCO BARATO

Sem recursos para reformulação do elenco com jogadores qualificados, já há direcionamento da diretoria bugrina, em consonância com comissão técnica, de promoção da garotada da base, como já foi o caso de Matheus Ludke, Eliel, Renanzinho, Matheus Souza e Victor Ramon.

Outros ainda poderão ser puxados ao profissional, e assim se juntarem a remanescentes selecionados a dedo, para complemento com contratações pontuais indicadas pelo treinador Felipe Conceição.

Portanto, embora não tenha descartado a possibilidade de 'luta' pelo acesso nesta Série B do Campeonato Brasileiro, os fatos vão se encaixando de que uma reformulação já está em curso no Guarani, até porque a largada do Paulistão está prevista dentro de um mês e não há tempo a perder.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos