Difícil entender Murilo Rangel sem camisa no time bugrino

Meia ficou na reserva na partida contra o CRB, quando o Guarani venceu por 3 a 1

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Após um domingo no meio do mato curtindo a volta de um casal de jacu para acasalamento em meu pé de manga, e raiva por causa de um imbecil que queimou parcialmente o caule de uma árvore seringueira na vizinhança, havia proposto nem produzir novo texto até o complemento da partida entre Náutico e Ponte Preta, na noite do feriado desta segunda-feira em Recife (PE).

Sim, mas não nos esqueçamos que o feriado marca o Dia de Nossa Senhora Aparecida, e os cristão católicos naturalmente vão reverenciar a data.

MURILO RANGEL

Murilo Rangel
Murilo Rangel

E também vem a informação de que o treinador bugrino contratado, Felipe Conceição, foi quem decidir deixar Murilo Rangel no banco de reservas contra o CRB, sábado passado, em Campinas.

Alô Conceição: não vai começar esse lero-lero de barrar talentos do time, ou vai?.

Você tem histórico na carreira de fazer isso.

Fez com Claudinho no Bragantino, e não seria prudente repetir com Rangel contra o Cuiabá, na terça-feira.

DÉRBI

Quando o técnico antecessor Ricardo Catalá optou por substituir Rangel no intervalo do jogo contra a Ponte Preta, o recado foi dado de que o atleta rendia aquém de suas reais possibilidades, e disso não discordo.

A discordância se deu porque Rangel até poderia ter lampejos no transcorrer da partida, coisas que não se daria para projetar com Giovanny e Waguininho, naquela circunstância.

Enfim, a desafinação foi feita e imaginou-se página virada.

Sim, mas o que se viu no sábado foi erro de avaliação de quem presumia página virada.

Conceição pensou como Catalá e sacou o jogador do time.

Só que tem um porém: num elenco com precárias opções para se dar alinhamento ao time, é perigoso sacar o jogador mais qualificado.

Portanto, que Conceição reveja a posição contra o Cuiabá.

Essa é a expectativa do torcedor bugrino.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos