Na vitória do Paraná sobre o CRB uma certeza: ambos são postulantes ao acesso

Na vitória do Paraná sobre o CRB uma certeza: ambos são postulantes ao acesso

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Um terço do Campeonato Brasileiro da Série B praticamente já se foi, com a abertura da décima rodada na noite desta segunda-feira.

Do bom jogo entre Paraná e CRB, com vitória dos paranaenses por 2 a 0, depreende-se que ambos são candidatíssimos ao acesso ao Brasileirão de 2021.

Ambos esmeram no condicionamento físico e mostram que estão entre as equipes mais competitivas.

O Paraná é guiado em campo pela meia Renan Bressan, condutor das principais jogadas, e não é por acaso que a equipe reassumiu a liderança, agora com 20 pontos.

Treinador Allan Aal temperou equilíbrio entre compartimentos, de forma que a equipe sabe se resguardar quando atacada, mas a finalidade principal é propor o jogo.

Para isso conta com dois laterais que avançam, casos Paulo Henrique pela direita e Jean Victor pela esquerda, com transição de melhor acabamento do primeiro.

Volante Jhony Douglas marca, mas sabe jogar.

Apesar da postura tática de Gabriel Pires, atacante de beirada pela direita que ajuda na recomposição, tecnicamente ele fica devendo, assim como Marcelo, que joga aberto pela esquerda.

São duas questões pontuais que Allan Aal deveria recorrer a outras opções no elenco, ou solicitar vindas de reforços.

CRB

Méritos para o treinador Marcelo Cabo, do CRB, que trabalha a equipe para saída de bola qualificada da defesa, com tempero do meia Diego Torres e volante Claudinei, bom passador.

Até a chegada ao último terço do campo o CRB sabe levar a bola. Aí, quando enfrenta equipe bem postada como o Paraná, fica embaraçado e dependendo do oportunismo do centroavante Léo Gamalho para as conclusões.

Marcelo Cabo sabe que precisa exigir senso coletivo do rápido atacante de beirada Luidy, que o meia-atacante Magno Cruz - de relativa técnica - precisa pisar mais na área, e que não vale a pena apostar no atacante de beirada Bill, que já passou pela Ponte Preta.

REGINALDO

Por sinal, no time alagoano estão jogadores que já passaram pela Ponte Preta, a começar pela dupla de zaga formada por Gum e Reginaldo, identificado por Reginaldo Júnior para se diferenciar do lateral-direito Reginaldo Lopes, que sabe fazer transição rápida ao ataque.

Reginaldo Júnior foi culpado diretamente do segundo gol do Paraná, ao perder bola bisonhamente.

Além do citado Bill, Léo Gamalho também passou pela Ponte Preta, mas nem de longe lembrou a fase atual, com faro de gol.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos