Guarani 'cansa' de perder gols; Londrina chega duas vezes e vence

Time campineiro foi castigado por perder tantos gols e se despede da Série B com nova derrota

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Restando poucas rodadas para o encerramento da temporada do calendário de 2019 do futebol brasileiro, a constatação inequívoca é que nada se compara ao mar de incertezas que foi essa Série B, com encerramento na tarde deste sábado.

O América Mineiro estava com a faca e queijo na mão, mas permitiu que o atrevido São Bento 'melasse' a sua festa de acesso, com a derrota por 2 a 1.

Se a cartolada de Guarani e Ponte Preta esteve atenta à competição, de certo vale a cobiça pelo lateral-esquerdo Sávio, volante Juninho e atacante Matheusinho do América Mineiro, em assunto enfocado na postagem abaixo.

TIMES REMENDADOS

Se o mandante Londrina dispensou alguns titulares e o Guarani fez opção de entrar em campo com equipe alternativa no Estádio do Café, natural que se esperasse jogo de baixo nível técnico.

Apesar disso, o Guarani aproveitou a deficiência técnica defensiva dos paranaenses para criar seis reais oportunidades de gols, porém sem o devido capricho no arremate.

Paradoxalmente, o Londrina deu três chutes a gol e marcou dois, um em cada período.

Primeiro quando o garoto estreante Pedro Moraes, na zaga bugrina, não 'matou' jogada iniciada ainda no campo de defesa do Londrina através de Léo Passos, que, ao enfrentar o goleiro Carlão, finalizou sem chances de defesa.

Depois em dupla bobeada de Marcelo e Bruno Lima, com arrancada de Paulinho Moccelin e arremate final de Matheus Bianqui, aos 31 minutos.

Paradoxalmente, mesmo distante de praticar futebol convincente, o Guarani encontrou tremenda facilidade diante de um adversário inoperante, e criou três chances reais em cada período.

DIEGO CARDOSO

No primeiro tempo, o atacante Diego Cardoso conseguiu perdeu gol já dentro da pequena área, quando finalizou em cima do goleiro Matheus Albino. Em condição de marcar, ele também chutou a bola para fora.

Em outra jogada pela esquerda, Bady não dominou e desperdiçou outra chance.

No segundo tempo, o goleiro Albino cresceu em chute de Lucas Cispim e cabeçada de Bady. Além disso, Renanzinho, que havia entrado no lugar de Felipe Cirne, isolou uma bola de frente para o gol adversário.

Essa estatística mostra que o Guarani poderia ter vencido com pé nas costas um adversário com laterais fraquíssimos como Raí Ramos e Victor Luiz, um miolo de zaga vulnerável no jogo aéreo, e sem criatividade, embora tivesse explorado dois vacilos de bugrinos que resultaram em gols.

Se é que o treinador bugrino Thiago Carpini quis tirar conclusões de jogadores como Bady, Bruno Sousa, Cirne e Diego Cardoso, pode colocá-los na lista de prescindíveis para 2020.

Rendimento ofensivo aceitável foi do lateral-esquerdo Bidu, embora reconheça-se que no plano defensivo não foi testado, pela ineficiência do Londrina no setor dele.

LUCAS CRISPIM

Embora nada justifica o desperdício de tantas oportunidades pelo Guarani, há situações de jogo que independem de orientação do treinador para que o atleta tenha percepção de setor vulnerável do adversário.

O lateral-direito Raí Ramos, do Londrina, foi disparadamente o mais fraco de todos que enfrentaram o Guarani na temporada.

Por isso, nos primeiros 20 minutos de jogo Lucas Crispim soube explorá-lo e ajudou na construção das melhores jogadas ofensivas da equipe até então.

De repente,sem mais sem menos, ele fez questão de flutuar por todos os espaços do campo, para participar mais ativamente da organização de jogadas.

Ora, se em cima de Raí Ramos era o mapa do mina, por que não ficou por ali?

Alguém precisa dizer pro Crispim que jogador não deve se acomodar em campo do jeito que quer, e sim saber explorar o caminho mais curto para criar embaraço ao adversário.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos