Ainda dá pra Ponte Preta postular acesso na Série B ?

Se a Macaca não vencer o líder Bragantino e engatar uma série de vitórias ela vai continuar na Série B em 2020

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Participo às terça e quintas-feiras do programa Brasil Esporte Clube, da Rádio Brasil de Campinas, e o apresentador Prado Júnior pergunta na 'lata': ainda dá pra Ponte Preta postular acesso ao Brasileirão de 2020, na disputa desta Série B?

O complemento da rodada nesta terça-feira mostra a Ponte na 10ª colocação com 40 pontos, e mais 27 em disputa. Logo, certamente a próxima rodada servirá pra uma 'clareada'. Aí será possível palpite mais próximo da realidade.

Claro está que quem postula acesso não poderia ter trazido míseros dois pontos nos jogos como visitante contra Oeste e Atlético Goianiense.

Em Barueri o time pontepretano saiu à frente no placar. Logo, avanço desnecessário do lateral-direito Diego Renan implicou em contra-ataque pelo setor dele, que culminou em gol de empate do mandante.

A má fase do Atlético Goianiense também não foi explorada pela Ponte, que tem oscilado demais.

Se mantivesse aquele rendimento do primeiro tempo mostrado contra o Cuiabá, certamente estaria no Z4.

Diante do cenário, qualquer resultado que não seja o de vitória diante do Bragantino, no próximo sábado, praticamente vai alijar a equipe da disputa direta pela vaga, pois o distanciamento em relação aos postulantes aumentaria.

CORITIBA

As duras penas o Coritiba somou mais três pontos ao vencer o São Bento por 2 a 1, em Sorocaba.

Depois de aceitável primeiro tempo, quando abriu vantagem por dois gols, a precariedade física dos coritibanos quase resulta em castigo.

O São Bento rondou a área adversária o tempo todo, e o Coritiba defendeu-se como pôde.

Que jogador funcional é esse meio-campista Juan Elano do Coritiba!

É competitivo na marcação e veloz na condução da bola ao ataque, contrastando com o pesado atacante Rodrigão, que se arrastou em campo até os 33 minutos do segundo tempo, na nova chance dada pelo treinador Jorginho (foto).

Que diferença de Juan Elano para Hernane, do São Paulo, que custou três milhões de euros, cerca de R$ 13,2 milhões ao clube chinês Hebei Fortune! Isso fora o salário de Hernane que atinge três dígitos de milhares.

MINHO

Final do Paulistão do ano passado, neste mesmo espaço, sugeri aos cartolas de Guarani e Ponte Preta para que observassem o atacante de beirada Minho, à época no São Caetano, e hoje no São Bento.

Minho é jogador que carece de acabamento para finalização, assim como dimensionar o momento do drible, passe ou cruzamento.

Minho tem bom balanço e velocidade, essencial no enfrentamento contra defesas fechadas. E isso foi visto no jogo contra o Coritiba.

No entanto preferiram trazer Victor Feijão, Deivid Santana, Felipe Amorim e Dadá.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos