Alô Ponte e Guarani: avaliem melhor jogadores que passaram por aqui

Procurador do STJD da CBF descarta oferecer denúncia contra o Goiás

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Informa o jornalista Júlio Nascimento, da Rádio Bandeirantes-Campinas, que a Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) da CBF não vai oferecer denúncia contra o Goiás pela escalação do jogador Ernandes.

Jornalista entrevistou o procurador Marcus Campos que descartou denúncia contra o clube goiano.

Quem adulterou idade em documento teria sido o atleta, e isso isenta o clube de denúncia, afirmou Campos.

Assim, a Ponte Preta continua na Série B e tudo continua como Dantes, no quartel de Abrantes.

IGOR, BARCELOS E ANDRÉ LUÍS

Ainda sobre Ponte, não há o que lamentar sobre perda do lateral-direito Igor Vinícius, que vai defender o São Paulo.

Jogador apenas razoável, que pode evoluir no plano tático. Tecnicamente precisa de muita coisa a ser acrescentada sobre transição ao ataque e construção de boas jogadas.

Ouvi na Rádio CBN-Campinas informação de interesse da Ponte Preta para continuidade do lateral-esquerdo Danilo Barcelos.

Verdade? Será que os sábios no Departamento de Futebol da Ponte Preta não observaram que Barcelos é incapaz de dar um drible pra limpar a jogada, abusa de bola esticada ao ataque em vez de conduzi-la, e marca mal?

Como o atleta é encarregado de todas as cobranças de faltas e escanteios, é evidente que em uma bola alçada um de seus companheiros tenha aproveitamento.

Portanto, que tal uma lupa pra quem ainda não conseguiu avaliar adequadamente Barcelos?

Outro dia um parceiro aqui do blog escreveu que o atacante André Luís não será titular no time corintiano, e não tenho como discordar.

É jogador para times médios como a Ponte Preta, apenas.

FABRÍCIO

Quando vejo rasgados elogios ao quarto-zagueiro Fabrício, do Guarani, torço o nariz.

Calma lá, companheiro! Jogador apenas razoável, daqueles que quando acossado por adversário desfaz-se da bola, ao chutá-la à linha lateral.

Por isso o Departamento de Futebol do Guarani não deveria entrar em leilão com o Coritiba para que o atleta permaneça em Campinas.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos