EXCLUSIVO: Zagueiro Álvaro do Bragantino revela possível marmelada na Série B

Presidente Marquinho Chedid já afastou seis titulares e promete tirar mais se for preciso

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 29 (AFI) – O experiente zagueiro Álvaro, que vinha sendo titular absoluto do Bragantino e capitão da equipe, misteriosamente, foi sacado da equipe que enfrentará o Figueirense-SC, no próximo sábado, em Bragança Paulista. A partida não vale nada para o Bragantino, mas é decisiva para o Figueirense que, vencendo, garante vaga no Campeonato Brasileiro da Série A de 2014.

“Tenho condição total de jogar e quero jogar. É uma partida de muita visibilidade, inclusive vai ser televisionado pela TV Bandeirantes. Fiz 41 jogos como titular este ano e queria fazer mais uma. Sou o capitão do time. Mas o presidente (Marquinho Chedid), do nada, resolveu me dar férias e me tirar do jogo.”, informou Álvaro em entrevista exclusiva ao Portal FUTEBOL INTERIOR, demonstrando estar revoltado com a situação:

“Eu não sou dono do Bragantino. O presidente criou uma situação e mandou tirar seis jogadores que são titulares absolutos. A gente não sabe o motivo disto tudo, mas podemos deduzir. Não tenho provas para afirmar os interesses em tirar estes jogadores, mas deduzir eu posso”, diz o revoltado Álvaro, deixando claro que o presidente do Bragantino está mandando tirar os jogadores titulares para enfraquecer a equipe e beneficiar o Figueirense. E acaba dando mais detalhes:

"Por enquanto o presidente mandou tirar quatro jogadores titulares absolutos: eu, Magno Cruz, Cezinha e Lincon, mas vão mandar tirar mais dois jogadores, inclusive o goleiro (Rafael Defendi)", denuncia Álvaro, que até a última rodada, era titular absoluto e capitão do time do Bragantino.

O fato teria acontecido na quinta-feira à tarde, antes mesmo do treinamento técnico-tático programado pela comissão técnica. Como profissional correto, Álvaro ainda tem esperança de jogar:

"Eu quero estar neste jogo, porque é um jogo importante", completou.

OUÇA A ENTREVISTA EXCLUSIVA DE ÁLVARO A RÁDIO FUTEBOL INTERIOR