ESPECIAL: Após a festa... Campeões estaduais vão mal no Nacional

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 07 (AFI) - O Campeonato Brasileiro entrou em recesso e só voltará após a Copa do Mundo. Mas, pelo que pode-se notar neste início, os times que chegaram às finais nos estaduais não devem ter uma participação muito feliz no Nacional. O Atlético-GO, campeão Goiano, é um exemplo emblemático. Afinal, o time é o lanterna da Série A, com apenas quatro pontos.

Confira também:
Portal Futebol Interior relembra os campeões estaduais de 2010


O Dragão só conseguiu sua primeira vitória na última rodada pré-Copa do Mundo contra o Cruzeiro, por 2 a 1, de virada, numa partida com um futebol sofrível.

Junto com os goianos na zona de rebaixamento, está o Atlético-MG, campeão mineiro. Com apenas seis pontos, os comandados de Vanderlei Luxemburgo têm apenas duas vitórias no Brasileirão, conquistadas contra o Vasco, por 2 a 1, na primeira rodada e contra o Atlético-PR, por 3 a 1, na terceira rodada. No resto, foram quatro derrotas seguidas e a zona de rebaixamento.

Um vice-campeão estadual que não está bem na Série A, é o Internacional. O Colorado perdeu a final para o Grêmio, que faz uma campanha ruim, e está com apenas sete pontos, em 16°, uma posição acima da zona de rebaixamento.

O Vitória, que conquistou o título baiano e está na final da Copa do Brasil está decepcionando no Brasileirão. Com oito pontos, o Leão está na 14ª colocação, um ponto acima da zona de rebaixamento.

Mais decepções
Na Série B, o Ipatinga, finalista mineiro, conquistou apenas uma vitória e está na zona de rebaixamento, com três pontos. A situação é mais crítica, já que o time mandou o técnico Gilson Kleina embora.

Outro time que também não começou muito bem a Série B foi o Santo André. Sensação no Paulistão, após perder oito jogadores, o Ramalhão está se reestruturando, mas mesmo assim está na 15ª colocação, com sete pontos, um ponto a mais do que na zona de rebaixamento.

O Sport teve de demitir o técnico Givanildo Oliveira, que conquistou o pentacampeonato pernambucano. Com a chegada de Toninho Cerezo, o Leão conquistou duas vitórias em dois jogos e saiu da zona de rebaixamento chegando aos sete pontos, na 14ª colocação.

Salvações da "lavoura"
Dos times que estavam nas finais poucos merecem um destaque. O campeão paulista Santos, mesmo não jogando bem, está em quarto no Brasileirão, com 12 pontos.

O Ceará, time sensação do Brasileiro, foi vice-campeão cearense e está em segundo no Nacional, com a mesma pontuação do Timão, com 17. Perde somente no saldo de gols: 7 contra 6.

Na Série B, poucos times merecem destaque. O Coritiba campeão paranaense está em terceiro, um ponto atrás do líder Paraná, que tem 15. O Náutico, vice-campeão pernambucano, com 14 pontos, está em quarto brigando rodada a rodada pelo acesso.