LIGA NAÇÕES: Inglaterra derrota Suíça nos pênaltis e fica com o 3º lugar

A final, que vai opor Portugal, atual campeão europeu, e Holanda, será decidida neste domingo, às 15h45 (de Brasília)

por Agência Estado

Campinas, SP, 09 - Em uma disputa com pouca emoção, Suíça e Inglaterra empataram sem gols no tempo normal e na prorrogação neste domingo, no Estádio Dom Afonso Henriques, em Guimarães (POR), e a seleção inglesa levou a melhor nos pênaltis para ficar com o terceiro lugar da primeira edição da Liga das Nações.

O terceiro lugar é pode ser encarado como um consolo para a Inglaterra, que sonhava encerrar em Portugal o seu longo jejum de troféus - não ergue uma taça desde a Copa do Mundo de 1966 -. No Mundial da França, os ingleses caíram na semifinal para a Croácia e terminaram em quarto, depois de perder para a Bélgica.

O quarto lugar não pode ser tão lamentado pelos suíços, já que o time dirigido pelo técnico Vladimir Petkovic fez uma boa campanha no torneio recém-criado pela Uefa, indo às semifinais como líder de um grupo que contou com Bélgica e Islândia.

Inglaterra derrota Suíça nos pênaltis e fica com o 3º lugar
Inglaterra derrota Suíça nos pênaltis e fica com o 3º lugar
A final, que vai opor Portugal, atual campeão europeu, e Holanda, será decidida neste domingo, às 15h45 (de Brasília). Os portugueses, liderados por Cristiano Ronaldo, jogarão contra os holandeses, capitaneados pelo zagueiro Van Dijk, campeão da Liga dos Campeões com o Liverpool, terá a vantagem de jogar com o apoio de seus torcedores, já que o jogo será no estádio do Dragão, na cidade do Porto.

O JOGO
Decepcionou-se quem esperava uma partida animada, repleta de alternativas e oportunidades de gol. Como os dois times tiveram dificuldade para criar, os goleiros pouco trabalharam e as emoções foram raras. A Inglaterra foi levemente superior e chegou com mais perigo ao gol do rival.

Com uma ataque rápido, formando por Sterling e Dele Alli nas ponta e Harry Kane como homem de referência, o time inglês esteve perto de abrir o marcador nos primeiros minutos. Kane acertou o travessão em chute violento aos três minutos. Aos 14, Sterling obrigou boa defesa de Sommer em finalização rasteira.

Os ingleses perderam a intensidade posteriormente e a Suíça conseguiu equilibrar as ações, mesmo sem chegar com tanto perigo ao ataque no primeiro tempo. Apenas na etapa final os suíços se soltaram mais e fizeram Pickford trabalhar. Xhaka, em arremate no canto esquerdo, ficou perto de marcar, mas parou no goleiro. A Inglaterra respondeu com o lateral-direito Alexander-Arnold que chutou de fora da área e viu a bola passar perto do travessão.

A cinco minutos do fim, os ingleses até balançaram a rede, mas o gol não valeu pois o árbitro de vídeo anulou o gol de Callum Wilson depois de ver falta do atacante na origem da jogada. Com o placar zerado, a partida foi para a prorrogação, em que os times também arriscaram pouco.

O ritmo do tempo extra seguiu semelhante ao dos primeiros 90 minutos, com a Suíça na retranca e a Inglaterra sem a inspiração necessária para balançar as redes. Após mais 30 minutos de jogo, a melhor chance foi de Sterling, que carimbou o travessão em cobrança de falta.

Se faltou gol com a bola rolando, nos pênaltis, a disputa foi longa, até as cobranças alternadas. Todos os ingleses acertaram suas batidas e bastou um suíço errar - o atacante Drmic, que parou no goleiro Pickford, o herói da vitória inglesa - para o resultado ser definido em 6 a 5 para a Inglaterra, que ficou com o terceiro posto do torneio da Uefa.

Confira os resultados da 1ª rodada
Suíça
0
x
0
Inglaterra