Liga da Nações: Com acordo temporário, Dinamarca terá time principal em estreia

Em nota em seu site oficial, a DBU revelou que firmou um acordo com os atletas válido até o próximo dia 30

por Agência Estado

Campinas, SP, 06 - A crise no futebol dinamarquês chegou ao fim nesta quinta-feira, ao menos momentaneamente. A Associação Dinamarquesa de Futebol (DBU) anunciou que chegou a um acordo temporário com os jogadores profissionais do país para acabar com o boicote deles à seleção nacional.

Em nota em seu site oficial, a DBU revelou que firmou um acordo com os atletas válido até o próximo dia 30. Isso para que a seleção dinamarquesa pudesse ter seus principais jogadores na estreia da Liga das Nações da Uefa, diante do País de Gales, domingo, em casa.

"É bom para a seleção nacional e todo mundo no futebol dinamarquês que possamos jogar uma partida importante da Liga das Nações com a seleção correta e focar novamente no esporte", disse o presidente da DBU, Jesper Moller.

COMPLICADO!
Na última quarta, a Dinamarca foi representada por elenco de amadores no amistoso com a Eslováquia, em que acabou derrotada por 3 a 0, fora de casa. Diante do boicote dos principais nomes do país, a seleção entrou em campo com jogadores da terceira e da quarta divisões nacionais e até alguns atletas do futsal.

Liga da Nações: Com acordo temporário, Dinamarca terá time principal em estreia
Liga da Nações: Com acordo temporário, Dinamarca terá time principal em estreia
O QUE ROLOU?
O entrevero entre a DBU e os jogadores do país começou em 31 de julho. Dias após a eliminação nas oitavas de final da Copa do Mundo, chegou ao fim o acordo coletivo dos atletas com a entidade que previa, entre outros fatores, o pagamento dos direitos de imagem aos jogadores.

MAIS PRA FRENTE...
Nesta quinta, as partes decidiram adiar a discussão do novo acordo e manter momentaneamente os termos do contrato anterior. Na segunda que vem, haverá uma reunião para retomar as conversas. A DBU ainda explicou que nenhum jogador ou representante da entidade falará com a imprensa sobre o assunto.

 
 
" />