Série D: Técnico do Floresta-CE "libera" comemoração pelo acesso e mira título

Leston Júnior coloca chances iguais de conquista para os quatro semifinalistas da competição

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 11 (AFI) - Após bater na trave em 2019, ao cair nas quartas de final, o Floresta-CE conseguiu o histórico acesso inédito para a Série C do Campeonato Brasileiro no último domingo, ao empatar em 1 a 1 com o América-RN na Arena das Dunas.

O técnico Leston Júnior afirmou que o momento é de comemoração e projetou a luta pelo título da quarta divisão nacional. Para ele, os quatro semifinalistas têm iguais condições de conquistarem o campeonato.

"Eram 64 clubes, quatro conquistaram o acesso. Os quatro têm o direito de sonhar. Diria que é 25% de possibilidade (de título) para os quatro. Primeiro é comemorar muito, depois, ter a ambição. Profissional de futebol, ou de qualquer segmento, precisa ter a ambição. Ficar feliz, comemorar as conquistas, mas não perde o anseio de buscar mais. Primeiro é passar a final, e depois, buscar o título", disse.

"A gente só consegue dimensionar isso, mesmo eu que já tive uma conquista dessa, com o passar dos dias. O sentimento é de um orgulho muito grande, e o acesso é a consagração desse trabalho, trabalho feito com muitas mãos", continua o técnico.

Leston Júnior, técnico do Floresta-CE (Foto: Ronaldo Oliveira/ASCOM Floresta)
Leston Júnior, técnico do Floresta-CE (Foto: Ronaldo Oliveira/ASCOM Floresta)
ESTRATÉGIA

Antes do Floresta-CE, Leston Júnior havia conquistado um acesso com o Tupi-MG, da Série C para a Série B, em 2015. O treinador revelou a estratégia adotada para o confronto decisivo e afirmou que o fator psicológico teve grande influência.

"Tinha dito ao longo da semana que o nosso acesso passava por a gente fazer um gol. A gente sabe que o América-RN tem um poderio ofensivo muito grande, e ia fazer um jogo com muita agressividade, e a gente precisava frear isso. Neutralizando, como fizemos em boa parte do jogo, mas a gente precisava incomodar, criar situação de desconforto emocional para o América-RN para que a gente pudesse encaminhar a classificação. Quando você faz o gol, o adversário precisa fazer mais dois ou três, emocionalmente, isso aí acaba o jogo. A força mental que o grupo teve, de tomar o gol no primeiro tempo e ter a tranquilidade que o grupo teve de voltar e retomar o que gente preparou em nível de estratégia", conta.

Agora, o Floresta-CE vai encarar o Novorizontino na semifinal da Série D. Por ter melhor campanha, a equipe paulista decide a vaga na decisão em sua casa. A tendência é que os confrontos aconteçam nos próximos fins de semana, mas os detalhes serão confirmados pelo CBF.