COPA DO REI: Atlético de Madrid é eliminado por rival da terceira divisão

Comandados de José Manuel Aira mantiveram uma invencibilidade de 27 jogos em casa

por Agência Estado

Campinas, SP, 23 (AFI) - O Atlético de Madrid está fora da Copa do Rei. O time do técnico Diego Simeone perdeu, nesta quinta-feira, por 2 a 1, para o Cultural Leonesa, equipe da terceira divisão da Espanha, na prorrogação, após empate por 1 a 1 no tempo normal.

Os comandados de José Manuel Aira mantiveram uma invencibilidade de 27 jogos em casa (449 dias). A última derrota foi em 31 de outubro de 2018, diante do Barcelona, também pela Copa do Rei.

Depois de um empate sem gols no primeiro tempo, o time de Madri saiu na frente com Correa, aos 17 minutos da etapa final. Em uma jogada rápida pelo meio da zaga adversária, o atacante surgiu livre, após belo toque de João Felix, e bateu forte, sem defesa para o goleiro francês Lucas Giffard.

O empate do time da casa veio aos 38 minutos. Após levantamento na área, Julen Castañeda não deixou a bola quicar e chutou forte para levar a disputa da vaga nas oitavas para a prorrogação.

Surpreso, Atleti? (Foto: Divulgação)
Surpreso, Atleti? (Foto: Divulgação)
PÊNALTIS?
A disputa de penalidades não assustava o Leonesa, que deixou a iniciativa da partida para o Atlético de Madrid no tempo extra. Aos 3 minutos do segundo tempo, em um contra-ataque mortal, Sergio Benito acertou outro sem pulo espetacular para garantir a vitória.

A rodada não foi boa para os times da primeira divisão. O Celta também foi eliminado na prorrogação por um representante da terceira divisão, ao perder para o Mirandés por 2 a 1. Um dos gols foi do brasileiro Matheus Aias, cobrando pênalti.

Outro que caiu foi o Betis, diante do Rayo Vallecano, por 4 a 2, nos pênaltis, após empate em dois gols. Já o Eibar foi derrotado badajoz, da terceira divisão, por 3 a 1. O gol do Eibar foi de Charles, também de pênalti.

Mesmo com dificuldades, o Leganes conseguiu superar o Ebro, da quarta divisão, por 1 a 0, gol do lateral-esquerdo argentino Jonathan Cristian Silva.