ATUAÇÕES: Jesus apaga brilho argentino e comanda classificação do Brasil

O Futebol Interior acompanhou o duelo desta terça-feira direto do Mineirão, em Belo Horizonte

por Kim Belluco

Belo Horizonte, MG, 02 (AFI) - O Brasil avançou à final da Copa América ao derrotar a Argentina pelo placar de 2 a 0 na noite desta terça-feira, no Estádio Mineirão. A reportagem do Portal Futebol Interior acompanhou o evento e avaliou a atuação da equipe brasileira, assim como dos hermanos.

BRASIL EM ALTA!
No contrapé da tática argentina, o Brasil usou o lado direito para surpreender o rival. Daniel Alves foi o ponto alto do grupo brasileiro, ao lado de Gabriel Jesus. Além do gol, o atacante chamou a responsabilidade na ausência de Neymar e fez a sua melhor partida nesta Copa América. Coutinho também teve boa movimentação, assim como Firmino. Everton ficou devendo.

A Argentina, por sua vez, demorou a acordar, mas quando o fez assustou. Messi começou a ter espaço e criou as melhores oportunidades de sua equipe. Em uma delas, colocou a bola na cabeça de Agüero. O atacante do Manchester City esteve muito participativo, mas pecou nas finalizações.

Argentinos vêm o gol de Jesus. Foto: Rodrigo Villalba
Argentinos vêm o gol de Jesus. Foto: Rodrigo Villalba

Brasil bate Argentina e avança à final

NOITE DE JESUS!
A noite era mesmo de Gabriel Jesus. Ele estava iluminado, continuou enfezando a defesa da Argentina e deu linda assistência para Firmino marcar. O ex-atacante do Palmeiras foi a principal válvula de escape brasileira durante o segundo tempo, desta vez, pelo lado esquerdo de campo, deixando Willian pela direita.

Já a Argentina chegou a ter mais volume de jogo, mas ficou refém do talento de Messi. O craque fez sua melhor partida na Copa América, mas ainda abaixo do que pode render. Scaloni ainda tentou colocar Di María e Lo Celso na partida, mas foi tarde.

DESTAQUES
O goleiro Alisson foi mais um destaque da partida. Ele fez importantes defesas, em uma delas pegou uma cobrança de falta de Messi, no ângulo, com as duas mãos. Marquinhos também merece ser lembrado pela grande partida. Infelizmente, deixou o campo machucado.

ARGENTINA
Apesar da eliminação, a Argentina fez uma boa partida, chegou a colocar duas bolas na trave, mas acabou sendo menos efetivo.

Nem violência argentina parou brasileiros. Foto: Rodrigo Villalba
Nem violência argentina parou brasileiros. Foto: Rodrigo Villalba

CONFIRA AS NOTAS DO FUTEBOL INTERIOR:

Alisson. Nota: 7,5

Daniel Alves. Nota: 8,5

Thiago Silva. Nota: 7

Marquinhos. Nota: 8
Entrou: Miranda. Nota: 6

Alex Sandro. Nota: 6

Arthur. Nota: 5,5

Casemiro. Nota: 7

Philippe Coutinho. Nota: 7

Gabriel Jesus. Nota: 9
Entrou: Allan. Nota: 5

Roberto Firmino. Nota: 8

Everton. Nota: 5,5
Entrou: Willian. Nota: 5,5

Tite. Nota: 8

ARGENTINA Nota: 7