Copa América: Gareca reconhece superioridade do Brasil e exalta evolução do Peru

Treinador quer ver seleção melhorando ainda mais com o tempo e afirma que há outras melhores que a dele

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 08 - Levar a seleção peruana para a final da Copa América foi um grande feito para o técnico Ricardo Gareca, que neste domingo, após a derrota por 3 a 1 no Maracanã, reconheceu a superioridade brasileira e apontou a evolução do seu time na América do Sul. O Peru foi a única seleção que furou a defesa brasileira na competição.

Espaço incorporado por HTML (embed)

"O mais importante é perceber que evoluímos com o tempo. Não podemos ficar parados agora. Temos de seguir insistindo, manter a humildade, saber que somos uma boa seleção, que chegamos à final por méritos próprios, mas que há seleções melhores do que a nossa. Enfrentamos um rival que foi muito efetivo. Eu acho que estamos bem, apesar da dor da derrota. Estamos no caminho certo", disse o comandante, em entrevista coletiva.

Peru foi vice-campeão. (Foto: Divulgação)
Peru foi vice-campeão. (Foto: Divulgação)

Gareca admitiu ter errado na primeira vez que enfrentou o Brasil nesta Copa América, na fase de grupos da competição, na qual perdeu por 5 a 0. Neste domingo, no Maracanã, voltou a sofrer três gols, mas reconheceu que seu time foi melhor, embora também tenha admitido a superioridade da equipe de Tite.

"O Brasil foi um justo ganhador. Nós melhoramos em relação ao jogo anterior. Tivemos nossos momentos, mas o segundo gol do Brasil foi importante. Eles aproveitaram bem as oportunidades. O que vem pela frente é continuar nos superando, continuar com calma. Estamos melhorando, vamos melhorar", disse. "Viemos ao Brasil para ganhar a Copa América, não conseguimos, mas viemos com essa mentalidade, de ganhar."