Copa América: Farfán exalta companheiros após vice do Peru: 'Vocês são os campeões'

Atacante está lesionado e perdeu reta final do torneio continental

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 08 - Fora da reta final da Copa América, por lesão, o atacante Jefferson Farfán exaltou a campanha da seleção do Peru e elogiou o grupo, após o vice-campeonato diante da seleção brasileira, domingo, no Maracanã. "Para mim, vocês são os campeões", declarou o veterano, de 34 anos, nas redes sociais.

Espaço incorporado por HTML (embed)

"Estou orgulhoso de vocês, time. Obrigado por tantas alegria. Para mim, vocês são os campeões. Ânimo para todos. Vocês deram tudo, como sempre, quando vestem o uniforme, c...", escreveu Farfán, em seu perfil no Instagram, ao finalizar a mensagem com um palavrão.

Um dos mais experientes do elenco, o atacante sofreu uma lesão no joelho esquerdo ainda na fase de grupos da competição. A Federação Peruana de Futebol não confirmou se ele se machucou ainda na primeira partida contra o Brasil, na goleada de 5 a 0, ou se a contusão foi sofrida durante treinamento nos dias seguintes ao duelo.

Farfan está lesionado e não atuou. (Foto: Divulgação/CA 2019)
Farfan está lesionado e não atuou. (Foto: Divulgação/CA 2019)

Yoshimar Yotún, que atua como volante e lateral e tem passagem pelo Vasco, não desanimou diante da derrota por 3 a 1 no Rio de Janeiro. Ele lembrou que em 2020 haverá nova edição da Copa América, na Argentina e na Colômbia, e avisou que a seleção peruana já é uma das candidatas ao título.

"Neste processo de evolução, com o treinador [Ricardo Gareca], fomos à Copa do Mundo, ficamos em terceiro na Copa América anterior e agora fizemos uma final. Então acredito que o Peru está demonstrando evolução e futebol em alto nível. Teremos mais outra Copa América pela frente e vamos para ganhá-la", declarou.

Na sua avaliação, a equipe peruana atingiu todos os seus objetivos na competição disputada no Brasil. "Alcançamos a primeira meta que era passar da fase de grupos. Chegamos à final. O importante de tudo isso, apesar de não conseguirmos o título, é que o Peru voltou a uma final e voltou a ser o time que está sempre por cima", declarou.