Brasil, Argentina e Uruguai são favoritos na 2ª rodada da Copa América

Brasileiros e uruguaios buscam nova goleada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 18 (AFI) - A Copa América chega à 2ª rodada nesta terça-feira e, portanto, conheceremos os primeiros classificados para as quartas de final. São os casos, por exemplo, de Brasil e Uruguai, que buscam a segunda vitória na competição. Outra bem cotada para vencer nas casas de apostas esportivas é a Argentina.

Brasil x Venezuela
Ao longo da história, o Brasil só foi derrotado pela Venezuela uma vez, em um amistoso realizado em junho de 2008, quando caiu por 2 a 0. No entanto, esta queda isolada não representou um período de dificuldade, afinal, desde então foram mais seis encontros, com quatro triunfos dos brasileiros e dois empates.

Desta forma, não surpreende a equipe de Tite aparecer como a mais cotada para a vitória, dando R$ 1,16 para cada real. Para buscar cifras maiores o caminho é o handicap -1.5, que aumenta o retorno para R$ 1,47, desde que a seleção vença por dois ou mais gols de diferença. O valor ainda sobe para R$ 2,20 com o handicap -2.5, mas para isso o triunfo tem que ocorrer por no mínimo três de saldo.

Brasil, Argentina e Uruguai são favoritos na 2ª rodada da Copa América (Foto: Rodrigo Villalba)
Brasil, Argentina e Uruguai são favoritos na 2ª rodada da Copa América (Foto: Rodrigo Villalba)
Para esta partida, a seleção deve usar a mesma formação da estreia, apostando no quarteto ofensivo formado por Coutinho, Neres, Richarlison e Firmino. O jogador do Barcelona foi a sensação contra a Bolívia, tendo marcado dois gols. Caso faça mais um nesta terça-feira rende R$ 2,10 por real aplicado.

Entrando em campo como zebra, a Venezuela paga inacreditáveis R$ 18,50 para R$ 1,00 com a vitória, enquanto o empate dá R$ 7,25 por real investido.

Bolívia x Peru
Pelo grupo do Brasil, o Peru aparece com grande favoritismo diante da Bolívia e paga R$ 1,52 para R$ 1,00 com um triunfo, segundo o SpinSports. O resultado certamente classificará os peruanos para a próxima fase. A equipe só precisa calibrar o pé, pois deixou a desejar nas finalizações contra a Venezuela.

Colômbia x Catar
O bom futebol do triunfo por 2 a 0 sobre a Argentina encheu a Colômbia de moral, que entrou no grupo das favoritas ao título. A seleção agora tenta superar a surpresa Catar para carimbar a classificação para as quartas da Copa. Caso o time vença mais rende R$ 1,32 por real aplicado.

Argentina x Paraguai
Depois de perder na estreia, a Argentina precisa se recuperar nesta quarta-feira para não se complicar na Copa América. A pressão segue nos pés de Lionel Messi, que sempre é cobrado por não apresentar na seleção o poder de decisão que tem no Barcelona. Caso a estrela do camisa 10 brilhe diante do Paraguai garante R$ 1,44 para cada real.

Do outro lado, os paraguaios buscam repetir a força ofensiva da estreia, mas sem as falhas defensivas. Os dois gols sofridos diante do Catar mostraram a fragilidade da equipe, que aparece como zebra, pagando R$ 7,75 para R$ 1,00, de acordo com os sites de apostas esportivas.

Uruguai x Japão
A dupla Luís Suárez e Edinson Cavani mostrou sua força contra o Equador e marcou dois dos quatro gols do Uruguai. Outro nome importantíssimo e conhecido dos brasileiros – especialmente de Botafogo e Corinthians – é Nicolas Lodeiro, que comandou o meio de campo do time. A expectativa é que a equipe repita a dose, afinal, terá pela frente o time Sub-23 do Japão, que foi goleado por 4 a 0 pelo Chile. Os uruguaios ganhando mais uma dão R$ 1,28 para R$ 1,00. O retorno salta para R$ 2,40 se investir na seleção com o handicap -2.5, que exige um triunfo por três ou mais gols de diferença.

Chile x Equador
Assim como o Uruguai, o Chile sobrou na primeira rodada e pode garantir a classificação nesta sexta-feira. Para isso, basta segurar um empate contra o Equador. Só que contando com Eduardo Vargas em grande fase, a seleção chilena é disparada a mais cotada para vencer e paga R$ 2,05 para cada real com a vitória.

Jogos da 2ª rodada da Copa América

Terça-feira, 18 de junho

18:30 – Bolívia (R$ 7,00) x (R$ 1,52) Peru. Empate: R$ 3,90

21:30 – Brasil (R$ 1,16) x (R$ 18,50) Venezuela. Empate: R$ 7,25

Quarta-feira, 19 de junho

18:30 – Colômbia (R$ 1,32) x (R$ 10,75) Catar. Empate: R$ 4,80

21:30 – Argentina (R$ 1,44) x (R$ 7,75) Paraguai. Empate: R$ 4,25

Quinta-feira, 20 de junho

20:00 – Uruguai (R$ 1,28) x (R$ 11,50) Japão. Empate: R$ 5,25

Sexta-feira, 21 de junho

20:00 – Chile (R$ 2,05) x (R$ 4,00) Equador. Empate: R$ 3,50