Série C: 'Os jogos estão ficando mais difíceis', diz volante do Atlético-AC

Time pernambucano ainda está tranquilo na liderança, com 23 pontos, mas o discurso é cauteloso

por Manoel Façanha

Rio Branco, AC, 06 (AFI) - Concentração é a palavra chave no dicionário do Atlético-AC para os próximos compromissos pelo Campeonato Brasileiro da Série C. Com 23 pontos conquistados em 12 jogos (63,9% de aproveitamento), o time celeste lidera o grupo A – quatro pontos de vantagem dos rivais Náutico e Confiança-SE.

Para não perder o embalo na reta final, a equipe acreana precisa manter o foco e a disciplina para seus próximos seis compromissos restantes nesta primeira fase de competição. Na avaliação do volante Kássio será necessária uma boa dose de concentração nestas próximas seis partidas.

“Não podemos perder o foco, pois os jogos estão cada vez mais difíceis daqui pra frente”, explica o jogado, que ainda disse será necessário também muita inteligência da equipe celeste para os jogo dentro do Florestão.

Foto: Manoel Façanha
Foto: Manoel Façanha
“Não tenho dúvida que enfrentaremos dentro de casa adversários bem armados em suas defesas e jogando por uma bola, assim necessitando tranquilidade e uma boa dose de eficiência para continuarmos entre os melhores do torneio”, concluiu o volante.

O TIME
O próximo desafio do líder será neste domingo, contra o Salgueiro, no Cornélio de Barros. O técnico Álvaro Miguéis não tem desfalques em relação ao time que perdeu por 3 a 1 para o Náutico na rodada passada.

O único problema é que o treinador não vai mais contar com quatro reforços que haviam sido contratados para a sequência da Série C. Aílton, Jô, Felipinho e Diogo Carlos até tiveram os nomes divulgados no BID, mas houve um erro da diretoria na hora da inscrição e eles não poderão atuar.

O Galo deve ir a campo com Ruan; Matheus (Araújo), Diego, João Marcus e Alfredo; Leandro, Kássio (Marquinhos), Eduardo e Tauã (Igor); Rafael Barros e Neto.

 
 
" />