Copa do Brasil: Após deixar estádio de ambulância, meia do Ypiranga recebe alta

Após um choque de cabeça, Clayton passou a noite em observação em um hospital de Fortaleza e teve uma fratura na órbita ocular

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 07 (AFI) - Eliminado na segunda fase da Copa do Brasil, ao ser superado pelo Fortaleza nesta terça-feira (06) pelo placar de 1 a 0 no Estádio Castelão, o Ypiranga-RS amanheceu como uma boa notícia. Isso porque, depois de sair de ambulância do duelo e ser levado ao hospital após um choque de cabeça com Lucas Crispim, o volante Clayton foi diagnosticado com um fratura na fase, mas mesmo assim já recebeu alta.

Com isso, está liberado para volar ao Rio Grande do Sul. O restante do elenco retornou para Erechim ainda na madrugada desta quarta-feira, mas o volante seguiu em Fortaleza acompanhado pelo fisioterapeuta do clube, Carlos Tochetto, que ficou durante todo o tempo ao lado do jogador no hospital.

Após deixar estádio de ambulância, meia do Ypiranga recebe alta
Após deixar estádio de ambulância, meia do Ypiranga recebe alta
No texto do duelo, o Portal Futebol Interior noticiou da seguinte forma o choque de cabeça entre os jogadores: 'O que chamou a atenção foi o violento choque de cabeça entre o meia Clayton, do time gaúcho, e o camisa 10 do Fortaleza, Lucas Crispim. Isso aos 10 minutos. O jogo ficou paralisado até que o jogador entrasse na ambulância. Ele caminhava devagar e com uma proteção no rosto, onde parecia ter um afundamento facial'.

No hospital, onde passou por uma avaliação médica e ficou sob observação por conta do choque de cabeça, Clayton foi diagnosticado com uma fratura na órbita ocular. Agora, retornando a cidade de origem, irá passar por uma reavaliação com um especialista e seguir o tratamento perto da família.