Copa Paulista: Atacante do XV cita papel da torcida na busca pelo título: "Fundamental"

O Nhô Quim faz a final do torneio diante do São Caetano, neste sábado, no Barão de Serra Negra

por Agência Futebol Interior

Piracicaba, SP, 05 (AFI) - Aos 32 anos de idade, Misael já defendeu diversas camisas de peso pelo Brasil. Mesmo com toda essa rodagem, o atacante destaca o quanto o convívio no XV de Piracicaba e a paixão dos torcedores lhe chamaram a atenção. Na visão do atleta, esses são trunfos relevantes na disputa pelo título da Copa Paulista. O primeiro jogo da decisão contra o São Caetano está marcado para às 18h00 do próximo sábado, 9, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra, em Piracicaba.

“O ambiente aqui é bom, saudável, todos os jogadores se gostam e se respeitam, que é o mais importante. Isso não é fácil, porque são vários atletas e cada um com seus tipos de pensamentos. Graças a Deus, aqui não há vaidade, sentimento que pode estragar o clima. Nós, que somos mais experientes, temos passado isso para a garotada, que tem um talento incrível”, disse Misael, que retornou ao clube após atuar pelo Santa Cruz na Série C do Brasileiro.

TORCIDA!
Os elogios se estenderam aos torcedores do Nhô Quim. “Eu sou apaixonado por essa torcida. Será nossa última partida neste ano no Barão. Temos que tomar todos os lugares, lotar o estádio, gritar mais alto e jogar bem. Os torcedores podem ter certeza que, mais uma vez, o time estará se dedicando e correndo bastante. Iremos nos doar e buscar esse título a todo custo, e a nossa torcida é parte fundamental nesse objetivo”, completou o atacante.

Ao contrário do que ocorreu nas semifinais, o Alvinegro Piracicabano decidirá o confronto longe dos seus domínios.

Misael falou sobre a torcida quinzista - XV de Piracicaba
Misael falou sobre a torcida quinzista
“É diferente agora, mas o primeiro jogo também é muito importante. Se o faremos em casa, temos que fazer nosso dever. Nós enfrentaremos uma das equipes mais qualificadas do campeonato, assim como o Mirassol, que joga um futebol bonito. São dois desafios que teremos pela frente e faremos de tudo para sairmos campeões”, falou o jogador.

JOGO DE VOLTA
A segunda partida acontece no sábado seguinte, dia 16, às 17h00, no Estádio Municipal Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul. Assim como na fase anterior, se a soma dos placares terminar empatada, a decisão será nos pênaltis.

O campeão será indicado a uma das vagas disponíveis à Federação Paulista de Futebol para a Copa do Brasil 2020 ou poderá optar pela indicação à vaga disponível para o Campeonato Brasileiro Série D do mesmo ano.